Lino Bertrand

Seu gosto pela arte começou em 1992, aos treze anos. Procurou, então, alguém que pudesse ensiná-lo sobre o que é ser artista e encontrou Eduardo Borges de Araújo, seu primeiro professor nas áreas de desenho e pintura. Posteriormente,foi aluno de Alaídes Puppin Ruschel (modelagem), Morelato (técnica mista), Cássio Padovani (desenho e conceitos artísticos), Marilu Trevisan (gravura), e também aluno da oficina de Experimentação (1998) oferecida pela prefeitura de Piracicaba – SP.

No ano anterior participou da oficina de desenho com nanquim e bico de pena, ministrada por Eduardo Grosso.

Entusiasmado pela pintura do artista plástico Tuco Amalfi, teve-o como professor em 2000 e 2001.

Hoje é bacharel em Artes Plásticas e licenciado em Educação Artística, ambos pela Universidade Estadual de Campinas, onde dois de seus professores mais importantes foram Álvaro de Bautista e Lygia Eluf.

Os estudos para seus trabalhos recentes, sugeriram a utilização de um pseudônimo, formado por seu próprio nome.

Este pseudônimo surgiu de um sonho que sugeria que o artista utilizasse uma variação de seu nome(André Bertolino Rodrigues).

Procurou então seus significados e achou Lino Bertrand como significativo e justo ao seu trabalho. LINO BERTRAND – onde Lino significa (latim) “ungido” e Bertrand (alemão) “escudo brilhante”.

Deixe um comentário