Piracicaba (Hino Oficial)

[audio https://www.aprovincia.com.br/core/wp-content/uploads/antigo/2012/09/41ead7010083fd76f312b327995811bb.mp3]

Foto: Carla Villela/Olhares

Numa saudade, que punge e mata
Que sorte ingrata, longe de ti
Como um suspiro triste sem termo
Vivo no ermo dês que parti.
Piracicaba, que eu adoro tanto:
Cheia de flores, cheia de encantos
Ninguém compreende a grande dor que sente
Um filho ausente ausente a suspirar por ti.
Em outras plagas, que vale a sorte?
Prefiro a morte junto de ti.
Adoro os prados, os horizontes,
O céu os montes donde nasci.
Só vejo estranhos, meu berço amado
Tendo ao teu lado o que perdi
Poucos se importam com os seus encantos
Que eu amo tanto dês que nasci.

Deixe uma resposta