João Sampaio

Nasceu em Rio Claro em 1877, transferindo- se para Piracicaba aos 5 anos. Formou-se em Direito, em São Paulo, em 1897, e, no ano seguinte, abriu sua banca em Piracicaba.

Aqui foi delegado de polícia – quando a função não tinha qualquer remuneração -, distinguiu- se no Tribunal do Júri, foi juiz de paz, redator do jornal “A Gazeta de Piracicaba”, inspetor municipal de ensino. Casado com Adelaide de Moraes Barros, filha de Prudente de Moraes, dedicou- se também à política, tendo sido eleito, pela primeira vez, em 1907, como deputado, sendo reeleito em várias outras legislaturas.

A ele a cidade deve a criação de várias escolas na região, tendo, ainda, como deputado, apresentado os projetos que viabilizaram a criação do curso de engenharia elétrica na Escola Politécnica, a reforma do sistema deeleições municipais, a instituição de aposentadoria dos ministros do Tribunal de Justiça.

Em 1912, foi eleito professor catedrático de Direito Civil na Faculdade do Largo São Francisco. Foi um dos fundadores da cidade de Londrina, Paraná.

Deixe um comentário