XV celebra dois anos do título de pentacampeão da Série A2

xvcampeao07Há exatos dois anos atrás, o XV de Piracicaba sagrava-se pentacampeão do Campeonato Paulista da Série A2. A vitória sobre o Guarani, após dramática disputa de pênaltis, ainda vive na memória de todo torcedor quinzista e é motivo de orgulho do cidadão piracicabano.

Heróis daquela partida, como o atacante Adilson e o goleiro Wanderson, tem seus nomes marcados na história quase centenária do Alvinegro. O primeiro foi autor dos dois gols que decretaram o empate em 2 a 2 do tempo regulamentar. Já o segundo defendeu duas penalidades que fizeram os quase 20 mil torcedores que estiveram presentes no estádio Barão da Serra Negra pularem de alegria.

Outro personagem que ficará para sempre na lembrança é o ex-meio campista Marlon, cobrador do último pênalti e autor do gol que deu o título ao Nhô Quim. “Considero este gol o mais importante da minha carreira. Foram 300 jogos com a camisa do XV e este foi o momento mais emocionante da minha vida como jogador”, comentou o ex-atleta e atual supervisor de futebol do Alvinegro.

O XV de Piracicaba parabeniza e agradece, aqui, todas as pessoas que contribuíram com esta conquista e tornaram possível este sucesso.

 

Confira a ficha técnica da partida

Campeonato Paulista da Série A2 2011 – Final

XV de Piracicaba (4) 2 x 2 (2) Guarani

Data – 07/05/2011
Horário – 19h00
Local – Estádio Barão da Serra Negra, Piracicaba
Árbitro – Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Auxiliares – Marcio Luiz Augusto e Marco Antônio Gonzaga da Silva
Quarto árbitro – Luciano Monteiro dos Santos
Gols – Rodrigo Paulista aos 10’/1T (Guarani), Adilson aos 33’/1T (XV), Marcos Denner aos 42’/1T (Guarani) e Adilson aos 32’/2T (XV)
Cartões Amarelos – Aislan, Fabio Santos, Francisco, Ailson e Admilson (Guarani), Everton, João Paulo, Marlon, Ceará, Ricardinho, André Cunha e Vinícius Bovi (XV)
Cartões Vermelhos – Rodrigo Paulista (Guarani), Everton (XV)

XV de Piracicaba – Wanderson, Vinicius Bovi, Everton, João Paulo (Marlon) e Ceará, Diego Araújo (Fabio Santos), Glauber, Rodolfo (Paulinho), André Cunha e Ricardinho, Adilson. Técnico Moisés Egert

Deixe um comentário