9 itens para considerar antes de levar um segundo cão para casa

cachorros-brincando-3A maioria das pessoas pensa bastante antes de ter um segundo filho, mas será que todos fazem a mesma coisa antes de levar outro cachorro para casa?

Pode parecer uma coisa banal, mas não é. Nesse caso, a família também vai crescer.

É claro que o amor será o mesmo, mas é importante analisar bem se você tem condições de ter outro cão para depois não se arrepender.

Confira 9 itens para considerar antes de levar um segundo cão para casa:

  1. Você tem tempo? – Um segundo cachorro significa que você vai precisar de mais tempo para o banho, tosa, pentear, brincar e tudo mais que os cães necessitam. Se você mal tem tempo para seu filho canino, imagine que será ainda mais corrido com o outro.
  2. Por que você quer um segundo cão? – Pode parecer bobagem, mas essa é uma pergunta importante para se fazer. Por exemplo, se você acha que ter um segundo cachorro significa que você não vai mais precisar brincar com seu cão, é melhor desistir dessa ideia.
  3. Os custos serão dobrados – Pense que todos os gastos que você tem com seu cachorro atual serão dobrados: consulta veterinária, vacinas, coleiras, comida, etc.
  4. Seu cachorro quer um companheiro canino? – Nem todos os cães querem companhia. Alguns cachorros podem sentir ciúmes de você ou das coisas dele. Uma boa ajuda para descobrir é consultar um especialista.
  5. Seu cão está com saúde? – Se ele já está ficando velhinho ou já tem problemas de saúde, provavelmente ele não irá querer brincar com outro cachorro. Então levar um cão que vai ficar insistindo para brincar, pode ser estrelante para ele.
  6. O resto da família quer outro cachorro? – Assim como toda decisão importante, essa deve ser discutida e aprovada por todos que moram na casa.
  7. Você está em um momento estável da vida? – Um novo cão pode não ser uma boa ideia se você pretende se mudar em breve, ter um filho ou está no meio de um divórcio. Seria interessante esperar que tudo se estabilize antes.
  8. Você tem espaço? – Não podemos esquecer que o cachorro precisa de espaço, ainda mais se for grande.
  9. Dar um lar temporário é uma boa forma de começar – Muitos cães resgatados não têm onde ficar até encontrar um lar definitivo, por isso é uma boa ideia ser um lar temporário. Além de ajudar um cachorro necessitado, será como um teste para saber como você, sua família e seu cão se sentirão

Deixe um comentário