Salãozinho de Humor divulga premiados da 10a edição

O carioca João Ruiz Alves Cavalcante, de 10 anos, do Colégio Santo Inácio, e a piracicabana Letícia Namie Hyonemoto, 14, do Instituto Atlântico de Ensino, foram os primeiros colocados no 10° Salãozinho de Humor de Piracicaba. A cerimônia, que premiou trabalhos em duas categorias, de 7 a 10 anos e de 11 a 14 anos, aconteceu na tarde deste domingo (23) no Teatro Erotídes de Campos, no Engenho Central. Os premiados ganharam troféus e brindes.

João recebeu o prêmio pelo conjunto da obra, com três trabalhos. Com humor, é claro, ele abordou temas diferentes, como a caricatura do presidente estadunidense Barack Obama, uma charge com o título Economia Verde e uma tira. Letícia retratou o hit da internet “Para nossa alegria!”.

“A charge do Obama é o meu trabalho preferido. Tive a ideia lendo uma notícia sobre os Estados Unidos na internet. Destaquei traços marcantes do presidente, como a boca, o formato da cabeça e o nariz”, declarou João Ruiz, que viajou oito horas de ônibus para receber pessoalmente o prêmio. João é filho do cartunista carioca Cavalcante e pela primeira vez inscreveu um trabalho seu numa mostra competitiva. “Às vezes é mais fácil transmitir o que pensamos pelo desenho que pela escrita”, completou.

O segundo lugar de 7 a 10 anos foi para Iago Fratta, 10, da Escola Municipal Ayrton Plaisant, em Maringá (PR). O estudante produziu duas caricaturas, utilizando apenas o grafite: do ator Sérgio Loroza e do cientista Albert Einstein. Já Lia Tricoli, 10, aluna do Instituto de Arte e Cultural Garatuja, em Atibaia (SP), conquistou o terceiro lugar na categoria pelas caricaturas de Chaves, Seu Barriga e Chiquinha.

As menções honrosas nessa categoria foram concedidas aos piracicabanos Giovana da Silva (Escola Estadual Professor Augusto Saes), Victor de Brito (Colégio Épico), Lorenzo Pereira (Escola Estadual Francisca Elisa da Silva), Ícaro Quartarolo e Diego Ribeiro (Colégio Portal do Engenho – Anglo). Victor ganhou também uma viagem pela Valetur Viagens, de São José dos Campos, sorteada entre os premiados.

Este ano, a categoria de 11 a 14 anos prestigiou artistas piracicabanos. A segunda colocação coube a Henrique Benatti, 11, do Instituto Atlântico, com um desenho sobre a poluição, e a terceira a Renan Amaral, 12, da Escola Estadual Professor Hélio Nehring, pela produção de três tiras. Amanda de Souza, Letícia Rodrigues (Escola Professor José Romão) e Giovanni Mazzini (Sesi 165) receberam menções honrosas.

A secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese, disse que desde a sua entrada na Secretaria da Ação Cultural, há oito anos, teve os olhos voltados para o crescimento do Salãozinho de Humor. “Como educadora, percebo que nas escolas pulsam talentos, motivados por professores e familiares. O desenho é uma linguagem universal e as crianças se comunicam facilmente por meio dele”, declarou Rosângela.

Após a premiação, os estudantes assistiram no Teatro do Engenho o espetáculo Inzoônia, da Cia. Circo de Bonecos, como parte da programação do projeto Diversão em Cena, com patrocínio da Arcelor Mittal.

A concessionária CCR AutoBAn participou com um estande sobre dicas de trânsito. Os estudantes também se divertiram com a “foto lembrança”, vendo como seria sua carteira de habilitação.

O SALÃOZINHO – Em 2012, o Salãozinho bateu recorde de inscritos, com 3.400 obras enviadas por 58 escolas de 12 cidades brasileiras e uma da Argentina. Essa é a primeira vez que o evento recebeu inscrição internacional.

Foram selecionados 255 trabalhos, analisados pela artista plástica Marilu Trevisan, pelo arte educador Danilo D’Angeli e pelo cartunista Willian Hussar. A exposição segue até 14 de outubro no Engenho Central.

Deixe um comentário