Festival do Circo toma conta da cidade

Palhacos Sem Fronteiras

Palhaços sem Fronteiras

Boa tarde. Tudo bom?

Acontece entre 05 e 09 de setembro a 11ª edição do Festival Paulista de Circo.

O evento, com programação gratuita, acontece no Engenho Central. Esse ano teremos ainda apresentações em bairros da cidade mais afastados.

Para solicitar material, agendar entrevistas e credenciamento de imprensa, favor escrever para imprensa@apaa.org.br

Piracicaba recebe mais uma vez o Festival Paulista de Circo, que acontece até domingo no Engenho Central. Com programação inteiramente gratuita, o evento, que está em sua 11ª edição, traz grandes talentos do circo tradicional e contemporâneo. O Festival Paulista de Circo é realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Secretaria Municipal da Ação Cultural de Piracicaba e execução da organização social de cultura APAA.

Mais uma vez o festival contará com três lonas (Arrelia, Pimentinha e Piolin) e um palco (Figurinha), além de um festival de mágica, organizado por Ricardo Malerbi, no Teatro Erotides de Campos. Os dois primeiros dias são reservados aos alunos da rede pública. A abertura para o público em geral acontece na noite desta sexta, com “Os Reis da Gargalhada”, espetáculo dirigido por Jairo Mattos.

A programação traz grandes nomes como o Circo Amarillo, o tradicionalíssimo Circo Stankowich, em atividade desde 1856, os Palhaços Sem Fronteiras, que tem atuação voltada a apresentações em campos de refugiados, abrigos, ocupações e alojamentos, e o Circo de Ébanos, que tem a cultura afro-brasileira como ponto central de suas criações.

Destacam-se ainda nomes que sempre causam alvoroço no Festival Paulista de Circo, com ingressos sempre muito disputados: a Palhaça Rubra e o Circo de Teatro Tubinho, que sempre trazem uma alta dose de humor ao picadeiro, além das companhias Cia. Suno e Namakaca. Nos dias 7 e 8, o festival acontece também fora do Engenho Central. Trupes circenses vão de Kombi a bairros mais afastados e levam muito riso e palhaçada aos moradores do CECAP, Parque Piracicaba, Santa Fé e Vila Sônia.

Deixe uma resposta