Motivação sem limites

100 metros

Netflix

O título original do filme espanhol se trata da sentença que o empresário Ramon Arroyo (a história é real) recebeu, após ter confirmado o diagnóstico de esclerose múltipla. Do alto de sua frieza científica, o médico garantiu que, em alguns meses, ele não seria capaz nem de ir até a esquina sozinho.

Mas, como diria o Chapolin, “não contavam com minha astúcia!”. Ou melhor, não contavam com a força de vontade de Arroyo (Dani Rovira), que não é de se entregar facilmente. Antes de aceitar que terá de conviver com as limitações do seu quadro, e com a cadeira de rodas, ele provou que é um homem de ferro.

Literalmente. Ele se inscreve numa prova de “iron man”, um triatlo que é a prova mais difícil do mundo, com quatro quilômetros de natação, 180 quilômetros de bicicleta e outros 42 de maratona. O filme conta essa história incrível, sem abrir mão da emoção. Arroyo hoje já sente os efeitos da doença, mas leva uma vida ativa, e tem um canal no YouTube.

Render-se, para ele, nunca foi uma opção. Sobre o sucesso do filme em seu país, ele diz o seguinte: “Estamos todos cansados de mentiras, como as dos políticos, por exemplo. No caso do cinema, temos estes super-heróis com pés de barro – fortes, altos, bonitos, mas completamente artificiais. Uma das coisas bonitas deste filme e responsáveis pelo seu êxito é que tratamos de uma história real”. Tem como discordar?

Deixe um comentário