Novos andróides

blade

Warner

O que leva um jovem de 20 e poucos anos a se interessar por um cemitério, no caso o da Saudade, o mais tradicional de Piracicaba? Pois foi justamente esse local que serviu de inspiração para a exposição Olho Vivo, com fotos de Marcelo Cuenca, que está em cartaz até 1º de novembro na Câmara de Vereadores.

Estudante de publicidade e propaganda da Unimep e residente em Limeira, Marcelo conta que a ideia surgiu durante as aulas. “Foram dadas opções de locais considerados patrimônios culturais de Piracicaba. O cemitério já de cara me chamou a atenção, pela dificuldade de se fazer uma campanha publicitária de um local que não costuma ser visto com bons olhos. As fotografias não faziam parte do cronograma, mas optei por fazê-las mesmo assim”, lembra.

Ele fez todas as fotos em um dia só. “Cheguei na hora do almoço e passei a tarde inteira lá”, conta. O olhar dele foi atraído pelas esculturas dos túmulos, os visitantes, os gatos abandonados. E optou para as 28 fotografias selecionadas o preto e branco que, segundo ele, transmite o saudosismo que queria. O prédio anexo da Câmara fica à Rua do Rosário, 833. Horário de visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. Entrada gratuita.

Deixe um comentário