A “Pharmácia”, lugar de encontro

Em Piracicaba, foi a “Pharmácia Neves”. Nas cidades da mesma época, outras farmácias. A “Neves” – farmácia de Seo Leocádio – foi um dos pontos de encontro mais marcantes em 1900, onde se reuniam o padre, o promotor, o juiz, o político, o farmacêutico. O folclorista piracicabano Alceu Maynard de Araújo recolheu uma aquarela – de Diógenes Duarte Paes – que é um dos poucos registros do hábito de se encontrar na farmácia. (“Folclore Nacional”, vol.II, Editora Melhoramentos, 1964,p.360)

 

 

 

 

Deixe um comentário