O Turco que come crianças

03

Turcos mascates chegaram à cidade!
Eu, hein! Qual é essa atividade?
Mascates são vendedores de tudo um pouco.
São diferentes: falam estranho e parecem meio loucos!
Crianças peraltas começam a sumir.
Culpam os turcos que chegaram por aqui.
Diziam que seu prato favorito era criança!
Mas os turcos gostam é de iogurte, de Yufka* e de encher
a pança!
Mamães usam essa história para educar e alertar:
Criança bem educada nenhum Turco quer papar!

Para conhecer demais poeminhas do livro, acompanhe a TAG Folclore-Poeminhas.

[Um projeto realizado com recursos do FAC – Fundo de Apoio à Cultura, o livro “Piracicaba: folclore em poeminhas” foi livremente inspirado no livro “Lendas e Crendices de Piracicaba e outros estudos”, de Waldemar Iglésias Fernandes, 1975.]

1 comentário

  1. Augusto Oliveira em 25/11/2019 às 18:43

    Gostaria de registrar minha emoção ao ler esse poema! Criança criada em Piracicaba, lembro-me de minha mãe me dizendo que o Turco iria me comer quando aprontava. Parabéns ao jornal pela publicação e por nos fazer relembrar da infância na terra querida!

Deixe uma resposta para Augusto Oliveira Cancelar resposta