AS DEBUTANTES DE 1958 (4)

Traje a rigor – Exigência feliz que provou a orientação certa do presidente Dr. Rubem S. Carvalho e o bom gosto da sociedade piracicabana

Deslumbramento!…

É a exclamação que se formou em todos os espíritos e aflorou a todos os lábios. Porque, realmente, o primeiro “baile das debutantes”, realizado em Piracicaba, foi um deslumbramento.

Não se encontra expressão mais certa para exprimir o que sentiu a sociedade do Clube “Coronel Barbosa”, a 31 de Outubro passado, quando seus fidalgos salões se abriram para o primeiro baile oficial das debutantes de 1958.

Tudo foi mesmo deslumbrante. Desde os preparativos do ambiente, entregues ao requintado gosto artístico de Heitor Montenegro, que nos deu aquêle maravilhoso cofre vermelho adamascado, donde surgiram, uma a uma, as joias vivas da noite. E a exigência firme do traje a rigor – exigência feliz e necessária, que deitou por terra o tabu da impossibilidade, e mostrou que a diretoria do “Coronel”, com esse protótipo da distinção à frente, o Dr. Rubens de Sousa Carvalho, sabe querer e sabe organizar uma festa à altura das tradições de seu clube. Nem a orquestra adequada às circunstâncias foi esquecida. Nenhuma melhor que essa “Casino de Sevilha”, com sua vivacidade de ritmos estimulantes e a sonhadora interpretação de seus músicos, teria animado a festa encantadora até a madrugada do dia de Todos os Santos.

A apresentação das estreantes tinha que ser como foi, o ponto culminante da noite festiva – um passeio de sessenta minutos pela região da sedução, da beleza e do sonho. Principiou com aquela oração sóbria, medida, acertada do jornalista Losso Netto. Prosseguiu com a apresentação sonora, precisa e agradável, que á a maneira de dizer do locutor Benê Marques. E desenrolou-se com aquela elegância e distinção impressionantes do fabuloso coe de jóias, a girar para fazer surgir, sob o foco de luz, as vinte pérolas da noite, recebidas, uma a uma, com delicado “bouquet” de flores pelo “gentleman” Renato Catani e pelas salvas de palmas da assistência maravilhada. Cada jovem que saiu do cofre foi um triunfo indescritível de beleza, de graça, de distinção, de gôsto e, sobretudo, de amor e orgulho dos pais e padrinhos que, tomando-as no topo da escada florida, conduziam as debutantes pelo salão par amostrarem de perto seus encantos exaltados pela luz forte do refletor.

O “baile dos debutantes” do “Cel. Barbosa”, em verdade, não se descreve com palavras, nem mesmo reforçadas com pontos de exclamação. Sendo o primeiro no gênero oferecido pelo Clube, deu entretanto a impressão de ser tradicional pela perfeição e ordem de sua organização e transcurso. E tradicional ele vai tornar-se nos anos que virão, não haja dúvida. Foi uma autêntica vitória social conquistada pelo velho mas sempre jovem “ “Cel. Barbosa”, vitória de sua diretoria, vitória dos associados e, principalmente, vitória dos pais felizes que, com tanto gôsto e generosidade financeira souberam apresentar suas jovens e lindas filhas à sociedade piracicabana.

Eis as debutantes que MIRANTE saúde com orgulho e prazer:- Amélia Seghese Fogaça, filha do sr. Joel de Andrade Fogaça e Sra. D. Florentina Seghesi Fogaça; Anita Corrêa Paiva Castro, filha do Dr. Urbano Paiva Castro e Sra. D. Ana Cândida Corrêa Castro; Aracy Coelho, filha do Sr. Ary Lima Coelho e Sra. D. Ada Coelho; Evany Holland e Heloisa Holland, filhas do Sr. Luiz Lee Holland e Sra. D. Helena Cera Holland; Laís Maria Camargo Morais, filas do Sr. Francisco José Camargo Morais e Sra. D. Bebê Camargo Morais;

Lúcio Helena Colombelli, filha do Sr. Mário Colombelli e Sra. D. Ida Bandiera Colombelli; Márcia Sodero Ferrari, filha do Sr. Lélio Ferrari e Sra. D. Célia Sodero Ferrari; Márcia Veiga, filha do Prof.Olênio Arruda Veiga e Sra. D. Alice Viega; Maria Angela Nogueira de Lima, filha do Dr. Marcelo Nogueira de Lima e Sra. D. Maria de Lourdes Nogueira de Lima; Maria Ignez Garcia, filha do Sr.Actamiro Garcia do Nascimento e Sra. D.Marcília Garcia; Maria Antonieta Romanelli Filipin, filha do Sr. José Filipin e Sra. D. Leonor Romanelli Filipin; Marilena Gianetti, filha do Sr. Humberto Gianetti e Sra.D. Nair Sabino Gianetti; Mariza Calil, filha do Sr. Carlos Calil e Sra. D. Eline Calil ;Regina Camargo Carneiro, filha do Dr. Caio Carneiro e Sra. D. Wanda Camargo Carneiro; Regina Helena Alvim,filha do Dr. Candido de Faria Alvim e sra. D.Nair Dias Alvim; Sonia Fárah de Taledo, filha do Sr. Heribaldo Zardetto de Toledo e Sra. D. Esther Fárah de Toledo; Vanda Aparecida Sabino, filha do Sr. Amadeu Sabino e Sra. D. Clotilde Sabino; e Vera Lúcia Garrouse, filha do Sr. Paulo Garrouse e Sra. D. Julieta Garrouse.

Deixe um comentário