Freiras concepcionistas falecidas de Piracicaba

MOSTEIRO DA IMACULADA CONCEIÇÃO – PIRACICABA/SP

Este mosteiro foi fundado aqui em Piracicaba no dia 15 de agosto de 1956, a pedido do 1º. Bispo Diocesano, Dom Ernesto de Paula, pelas monjas concepcionistas do Mosteiro da Luz.

Foram cinco pioneiras: Madre Maria Helena do Espírito Santo, Madre Oliva de Jesus, Irmã Maria Celina da Imaculada Conceição, Irmã Maria Cecília do Menino Jesus e Irmã Maria Antonia de Santana Galvão.

Como parte das comemorações dos 60 anos de vida religiosa da atual Abadessa, Madre Maria Celina da Imaculada Conceição, apresento um pequeno resumo biográfico da vida das irmãs que passaram por este mosteiro e já faleceram, deixando muitas lembranças entre os piracicabanos e aqueles que são amigos e admiradores destas queridas religiosas de vida contemplativa.

* MADRE MARIA HELENA DO ESPIRITO SANTO, piracicabana nascida em 4 de outubro de 1921, recebeu o nome de Carmine Chiapare. Entrou para o Mosteiro da Luz ocupando o cardo de mestra de noviças. Foi eleita Abadessa da fundação em Piracicaba e exerceu o cargo por 22 anos. Faleceu em 9 de dezembro de 1978.

Foi uma madre exemplar que tinha prazer em ajudar os pobres que batiam na porta do mosteiro. É nome de Rua em Piracicaba.

* MADRE MARIA OLIVA DE JESUS, natural de Pouso Alegre/MG, recebeu o nome de Ruth Baggio. Veio para Piracicaba com as primeiras irmãs e aqui exerceu o ofício de Vigária. Ficou apenas dois anos e retornou para o Mosteiro da Luz em 1958 devido á uma grave doença. Curada de sua enfermidade tornou-se abadessa em faleceu em 1992.

* IRMÃ MARIA CECILIA DO MENINO JESUS, natural de Santa Maria do Suassui/MG, nasceu em 17 de setembro de 1932 e recebeu o nome de Maria Lucia de Oliveira Rocha. Ingressou no Mosteiro da Luz em 15 de maio de 1950. Veio para Piracicaba com as pioneiras e aqui exerceu o cargo de pintora de imagens e quadros, sendo uma artista muito talentosa. Após alguns anos voltou para São Paulo, desligou-se da ordem das concepcionistas e ingressou na Congregação das Irmãs Vicentinas. Faleceu tragicamente em um acidente de carro.

* IRMÃ MARIA ANGELA DA SANTA FACE, nasceu em Itajubá/MG e recebeu o nome de Luzia Ferreira da Silva. Veio para a cidade de Aparecida do Norte/SP e trabalho alguns anos no hospital desta cidade. Foi apresentada ao Mosteiro de Piracicaba pela Madre Maria do Cenáculo, fundadora da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora do Cenáculo. Permaneceu 49 anos na clausura e exerceu os cargos de cozinheira e hostiaria, tendo falecido em 05 de maio de 2009.

* IRMÃ TERESINHA DO MENINO JESUS, veio do Mosteiro de Itu em 1974 e ficou em Piracicaba por alguns anos, onde exerceu o cargo de hostiaria. Por motivo de saúde voltou para Itu e lá faleceu em 1994.

* IRMÃ MARGARIDA DO CORAÇÃO DE JESUS, nasceu em São Paulo em 03 de março de 1914 e recebeu o nome de Ofélia Braga. Veio do Mosteiro de Itu e aqui exerceu os ofícios de roupeira e Hostiaria. Faleceu em 16 de dezembro de 1997.

Todas estas irmãs deixaram o brilho de suas ações e nos mostraram um modo alternativo de vida: a vida em clausura. Marcaram a vida da cidade de Piracicaba de uma forma singela e ao mesmo tempo grandiosa, pois intercederam por nós diariamente, elevando á Deus suas preces por um mundo melhor e uma cidade mais justa e feliz.

Deixe um comentário