A importância da Cooperação Internacional da USP/ESALQ com a University of Illinois e a The Ohio State University

A Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – USP/ESALQ vem ampliando, nos últimos anos, a sua inserção internacional através do desenvolvimento de parcerias estratégicas. Entre elas, vale a pena destacar dois casos que foram desenvolvidos com Universidades americanas. O primeiro, foi a parceria com a University of Illinois que remonta por mais de 100 anos, quando, em 1891, Luiz Vicente de Souza Queiroz contrata Dr. Eugene Davemport (primeiro Diretor do College of Agriculture da University of Illinois at Urbana-Champaign) para assessorá-lo na concepção e implantação da Escola Agrícola Prática de Piracicaba. O segundo caso é a parceria estratégica realizada em 1964, com a The Ohio State University, que culmina com a implantação dos programas de Pós-graduação na ESALQ.

Desde então, essas parcerias estratégicas têm-se ampliado visando a projeção de sua pesquisa e de sua pós-graduação no contexto mundial. Esses convênios internacionais tem procurado: (a) fortalecer as relações internacionais com centros de referências; (b) promover e divulgar a produção científica no exterior; (c) fortalecer a posição da instituição como centro nacional e internacional de referência e (d) estimular o intercâmbio internacional de docentes e discentes de graduação e pós-graduação.

Mais recentemente, em maio de 2007, foi instalado na USP/ESALQ o Escritório da América Latina da Wageningen UR, com quem a USP/ESALQ possui forte interação nas áreas de graduação e pesquisa. A partir dos trabalhos na ESALQ, esse escritório vem intensificando sua atuação em países como Argentina, Chile, México e Colômbia. Duas áreas do agronegócio que tem intensificado essas relações tem sido as áreas do complexo soja e de biocombustíveis. Por exemplo, o Projeto EUBiolatin, pretende fortalecer a cooperação internacional entre Europa e América Latina na área de biocombustíveis. A missão desse escritório tem sido a de explorar o potencial da natureza para melhorar a qualidade de vida das comunidades locais.

João Gomes Martines
Presidente da Comissão de Atividades Internacionais da ESALQ e professor do departamento de Economia, Administração e Sociologia da Escola

Deixe um comentário