Um Choro para Dominguinhos

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

images (1)

São teus ensinamentos os leais

Que farão toda falta nessa vida

Alma cheia e vazia pela ida

De notas que fizemos nossos cais

 

É luta imorredoura tão bebida;

O doce e o aconchego dos reais

Foles que sustentavam catedrais

Hoje se choram, mas sem despedida

 

Pela razão de tua alma pura

– E fizeste em nós toda a diferença –

Tiveste, para todo o mal, a cura

 

No dia que se ausenta por presença,

Se encontram criador e criatura,

Ao mestre: agradecido pela crença.

Deixe um comentário