41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba

Com  programação extensa, será aberta no  sábado, 23 de agosto, a 41ª edição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, no Engenho Central. A partir das 19h30, acontecerá a solenidade de premiação, no Teatro Erotídes de Campos, e na sequência a abertura oficial da mostra principal e das paralelas, no Armazém 14. Este ano, 576 artistas de 55 países enviaram 2.562 trabalhos para o evento. Destes, 368 foram selecionados para a mostra principal, nas categorias caricatura, cartum, charge, tiras/HQ e desenhos temáticos do Prêmio Indignação. Para a cerimônia de premiação serão distribuídos ingressos a partir de sexta, 22, em horário comercial, e sábado, 23, até uma hora antes do evento.

A realização é da Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural) e CEDHU (Centro Nacional de Humor Gráfico).

O público que visitar a exposição verá 122 caricaturas – incluindo sete esculturas -, 78 cartuns, 56 charges, 68 tiras/HQ e 44 desenhos do prêmio Indignação, todos trabalhos inéditos, escolhidos por um júri formado por jornalistas e cartunistas.

A pintora Frida Khalo, o escritor Gabriel García Marquez, o presidente russo Vladimir Putin, o jogador argentino Messi e o compositor brasileiro Cartola foram algumas figuras que serviram de inspiração aos caricaturistas.

Temas como política, liberdade, opressão, fome, relações afetivas, espionagem e a influência da tecnologia na vida das pessoas também foram abordados nas charges, cartuns e Tiras/HQs dos artistas dos 55 países.

“O Salão Internacional de Humor de Piracicaba, que chega a 41 edições ininterruptas, tem sido responsável por incentivar, ao longo de sua trajetória vitoriosa, o pensamento crítico por parte daqueles que o prestigiam. E os artistas que enviam seus trabalhos têm uma importante vitrine para evidenciar o pensamento dos quatro cantos do mundo. A expectativa é de realizarmos mais uma edição de sucesso, algo que tem sido a marca do nosso Salão”, afirma Rosângela Camolese, secretária da Semac.

No último sábado, 16, foi a vez do júri de premiação se reunir para a difícil tarefa de definir os premiados, que serão conhecidos no próximo sábado. “Gostaria de parabenizar a Comissão Organizadora pela escolha do júri. A qualidade do Salão aumenta a cada ano e, com ela, a competência do júri. Está cada vez mais difícil estabelecer um processo e ser justo. Quando você compõe o júri você tem de acertar”, elogiou Fausto Longo, arquiteto e um dos criadores do Salão, que coordenou o processo de premiação.

O júri foi composto ainda pelo humorista Paulo Bonfá, o presidente da Adjori-SP (Associação de Jornais do Interior de São Paulo), o jornalista Carlos Balladas, o escritor e jornalista Jorge Cunha Lima, além dos cartunistas Luiz Carlos Fernandes, da colombiana Elena Ospina e do belga Luc Descheemaeker.

PRÊMIOS

A edição 2014 do evento vai distribuir no total R$ 51.500 aos vencedores de cada uma das categorias cartum, charge, caricatura e tiras/HQ, Prêmio Temático Indignação e dos prêmios Águas do Mirante, Unimed, Câmara Municipal, Prêmio Júri Popular Alceu Marozi Righetto (com votação pela internet). O melhor trabalho entre os premiados conquista o Grande Prêmio Zélio de Ouro, homenagem a um dos criadores do Salão, Zélio Alves Pinto, no valor de R$ 10 mil.

HISTÓRIA

Criado em 1974, o Salão Internacional de Humor de Piracicaba serviu como forma de protesto contra a ditadura para um grupo de jornalistas, artistas e intelectuais da cidade. Para engrossar o coro contra o regime, ganhou apoio de grandes nomes do humor gráfico nacional, como Millôr Fernandes, Zélio e Ziraldo, e projetou outros, entre eles Glauco, Angeli, Paulo Caruso, Chico Caruso e Laerte, responsáveis pela criação de desenhos de humor em alguns dos principais veículos de comunicação do país.

O 41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba tem o patrocínio de Águas do Mirante, Unimed, Uniodonto, CCR Autoban, Natura, Arcor, Raízen e Arcelor Mittal.

SERVIÇO

41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. Cerimônia de premiação no dia 23 de agosto, sábado, a partir das 19h30, no Teatro Erotídes de Campos, Engenho Central, avenida Maurice Allain, 454. Capacidade: 400 lugares. Ingressos gratuitos serão distribuídos a partir de sexta, 22, em horário comercial, e sábado, 23, até uma hora antes do evento. A abertura oficial da mostra principal e paralelas acontece em seguida, no Armazém 14 do Engenho. Entrada gratuita, não é necessário convite. Visitação de quarta a sexta, das 10h às 18h. Sábado, domingo e feriado, das 10h às 20h. Informações: (19) 3403-2615, (19) 3403-2620, (19) 3403-2621 e (19) 3403-2623. Também no site salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br.

Deixe um comentário