Circuito Sescoop/SP de Cultura traz a Piracicaba Tributo a Luiz Gonzaga

No próximo dia 3 de agosto, o Circuito Sescoop/SP de Cultura chega a Piracicaba com o show “Salve Lua – Tributo a Luiz Gonzaga”, da cantora e sanfoneira Adriana Sanchez. A artista apresenta releituras dos clássicos do Rei do Baião, acrescentando suas influências e personalidade às músicas. A ideia é homenagear Gonzagão e a cultura brasileira e misturar novos instrumentos e batidas, trazendo à obra tradicional da sanfona uma abordagem mais atual.

Ingressos para o espetáculo poderão ser trocados por 1 litro de leite, que será posteriormente revertido para o Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba. A expectativa é reunir cerca de 400 pessoas para a apresentação no Teatro do Engenho, que será realizada com apoio das cooperativas Uniodonto Piracicaba, CredSaude, Sicoob Unimais, Coplacana, Sicoob Cocre, Coop, Escola Coopep, Unimed Piracicaba e Sicredi.

A cidade de Piracicaba é uma das mais antigas do Circuito e dos programas que o antecederam – como Mosaico Teatral e Mosaico na Estrada – e recebe ações desde 2002 de diversos tamanhos e formatos artísticos. “As cooperativas da cidade têm muita proximidade com o poder público e experiência de longa data com as ações culturais.”, explica o analista do Núcleo de Cultura do Sescoop/SP, Jonas Villar. Segundo ele, nesta edição um dos grandes destaques é a qualidade técnica do espetáculo e da cantora Adriana Sanches. “É um show muito técnico e envolvente”, destaca.

 

 

O show

Tributo a Luiz Gonzaga é um espetáculo musical com releituras de algumas das canções mais representativas do repertório de Luiz Gonzaga. A proposta é homenagear um dos sanfoneiros mais ilustres do Brasil e valorizar a cultura brasileira por meio das composições do Rei do Baião. Utilizando pedais na sanfona e batidas eletrônicas, o show traz a obra do velho Lua para uma abordagem mais atual, com roupagem world music, abrindo espaço para um novo olhar e novo público.

 

Serviço:

Circuito Sescoop/SP de Cultura –  Piracicaba

Show: Salve Lua – Tributo a Luiz Gonzaga

Local: Teatro do Engenho “Erotídes de Campos”

Endereço: Avenida Maurice Allain, 454 – Parque do Engenho Central,

Data: 3/8, quinta-feira

Horário: 20h

Ingresso: 1 litro de leite para o Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba

Informações: Uniodonto Piracicaba (19) 3401-1770 | Sicoob Unimais 0800 777 1136 | Coplacana (19) 3401-2200 | Coop (19) 3411-8885 | Coopep (19) 3424-3730

Realização: Sescoop/SP, com apoio das cooperativas Uniodonto Piracicaba, CredSaude, Sicoob Unimais, Coplacana, Sicoob Cocre, Coop, Escola Coopep, Unimed Piracicaba e Sicredi

Agenda Circuito: http://www.sescoopsp.org.br/circuitosescoopsp/

 

Sobre o Circuito

O Circuito Sescoop/SP de Cultura, desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de São Paulo, tem a proposta de levar atrações de teatro, circo, dança, música, cinema, intervenções artísticas e oficinas criativas ao público de toda a região, especialmente municípios com poucas opções culturais. Criado em 2016, o programa é resultado da experiência consagrada do Mosaico Teatral, Mosaico na Estrada e Mosaico Jovem, que, por mais de 15 anos, possibilitaram o acesso à arte a mais de 664 mil pessoas em 110 cidades paulistas.

O cooperativismo é um modelo de negócios que busca unir desenvolvimento econômico e social. Sua filosofia é a de transformar o mundo em um lugar mais justo e equilibrado, com melhor distribuição de renda – empreendimentos cooperativos geram riqueza de modo proporcional à participação de cada um dos seus cooperados.

As cooperativas buscam impactar não apenas a própria realidade, mas também contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades e do mundo. Levar a arte a todos é uma das formas que as cooperativas paulistas e o Sescoop/SP encontraram de contribuir com a sociedade. A arte é um elemento essencial da cultura de um povo e de uma nação e o cooperativismo compartilha da ideia de arte como representação e reafirmação da vida. O Sescoop/SP vem apostando na diversificação das linguagens artísticas para levar a cultura a amplos setores da população e colocar em prática os princípios cooperativistas, reforçando a vocação social do movimento.

Deixe um comentário