Espetáculo “Benza Quebranto” será apresentado em Piracicaba

image004Benza Quebranto

Ar te deu, ar te daria/ Quem te curaria/ Ó Virgem Maria/ Se for ar-do-sol/ Ar-do-fogo/ Ar-da-água/ Ar-da-lua/ Ar-das-estrelas/ Ar-da-constipação/ Ar-da-foia/ A Ave Maria quem te curaria/ E joga tudo nas ondas do mar – Oração Popular

Por olho te benzo, de quebranto mau-olhado. Olho ruim te botou, com três que põe, com três que tira, com poder de Deus e da Virgem Maria. Vai quebranto, mau-olhado, vai pelas ondas do mar para nunca mais volta – Oração Popular

Benza Quebranto é uma criação cênica, fruto da pesquisa de campo com benzedeiras e benzedores do Estado do Rio Grande do Norte da artista-pesquisadora Bianca Bazzo Rodrigues.

Foi da vivência com essa prática popular, ouvindo as rezas e orações, observando os gestos e as folhas de ramos que tornam presente o ritual da cura, e entre ramos, santos, velas e conversas que nasceu Benza Quebranto, um trabalho artístico em dança que possibilitou outros olhares poéticos para nossa cultura popular brasileira, (re)afirmando seus valores culturais e humanos através da arte.

A prática do benzimento é um saber popular nascido da mistura dos conhecimentos dos povos em solo brasileiro, da mistura das crenças, das tradições e religiosidades indígena, africana e europeia. Benza Quebranto percorre as vidas e cotidianos dessas benzedeiras e benzedores de nosso país, figuras presentes e atuantes do nosso contexto contemporâneo. Suas práticas de benzimentos, rezas e quebranças tanto são herdadas de seus familiares, repassadas por amigos e parentes, ou mesmo, nasceram da vontade de curar aquele ao lado que precisa de ajuda.

O processo criativo contou com laboratórios de criação, no qual toda complexidade de símbolos e gestos trazidos dessas vivências, revelassem movimentos poéticos para a dança. O trabalho artístico procura revelar essa prática popular que corre o risco de se perder em nossa contemporaneidade, dando a cena para esses fazeres, saberes, histórias de vidas de pessoas que lidam diariamente com a doença, com a cura, dentro do contexto de nossa cultura popular brasileira, aqui através da arte da dança.

Trata-se de apresentação de 30 minutos seguida de um bate-papo com o público sobre o trabalho de criação, a pesquisa e a vivência de campo.

A apresentação acontecerá nos dias 10 e 11 de agosto, sábado às 20h e domingo às 18h, na Casa do Marquês, Bairro Monte Alegre, Piracicaba. Os ingressos podem ser adquiridos com antecedência até 05/08 a R$ 10,00 nos seguintes locais: Dharma Instituto de Yoga – Rua Dom Pedro I, 53, Centro, Piracicaba, Fone: (19) 3402-9052; Soulworking Espaço Compartilhado – Av. D. Francisca, 440, Vl Resende, Piracicaba, Fone (19) 3377-3420. Informações pelos telefones 19 3375-6497 / 9624-6465 / 8246-8308 ou pelo facebook EmporioProducoesCulturais.

Ficha Técnica:

Intérprete Criadora: Bianca Bazzo Rodrigues

Direção Artística: Lara Machado

Produção executiva: Empório Produções

Cenografia: Ivy Calejon

Iluminação: Paulo Heise

Fotos: Silvia Rodrigues e Ivy Calejone

Apoio: Casa do Marquês, Cobogó Arquitetura, Dharma Instituto de Yoga, LZP Produções, Soulworking Espaço Compartilhado e Casa da Floresta.

Deixe um comentário