Festival Internacional de Música Erudita de Piracicaba abre inscrições para edição 2015

DSC_0002Jovens instrumentistas podem começar a se inscrever para o 6º Feimep (Festival Internacional de Música Erudita de Piracicaba). O evento, marcado para 19 a 25 de julho, recebe professores do Brasil e do exterior. Os interessados em participar da programação pedagógica devem acessar o site www.feimep.com.br.

As inscrições para instrumentos de cordas seguem até 10 de julho, no valor de R$ 100. Há vagas para masterclasses de violino, viola, violoncelo, contrabaixo e piano. A participação é aberta a estudantes de diversas faixas etárias de universidades e conservatórios brasileiros e de outros países, em diferentes níveis de formação.

A sexta edição oferece ainda os Encontros com Jovens Regentes, com o maestro Jamil Maluf. Para este caso, a ficha deve ser preenchida até 30 de junho e, além do currículo, o músico deve enviar um vídeo regendo orquestra ou coro. Haverá triagem para definir os contemplados (quatro ativos e seis ouvintes). Os aprovados devem ter preparadas as peças Suite Holberg, de Edvard Grieg, e Suite St. Paul’s, de Gustav Holst.

Para efetivar a inscrição é necessário escolher o instrumento de interesse e a modalidade em que deseja participar (aluno regular ou bolsista). Após o pagamento, o comprovante deve ser anexado no próprio site, ao lado do campo para envio do currículo. O aluno que optar pela inscrição como bolsista deve apresentar justificativa para isenção da taxa.

O Feimep oferece hospedagem, com monitores e segurança. A reserva é garantida mediante o pagamento adicional de R$ 100. O custeio do transporte até o Feimep é de responsabilidade do estudante, que tem assegurado o deslocamento no percurso aulas-alojamento-concertos.

A divulgação de todos os inscritos, como também dos contemplados com bolsa, ocorre em 15 de julho. As aulas acontecem na Empem (Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle) e os concertos no Teatro Municipal Erotídes de Campos, no Engenho Central.

A direção artística e coordenação pedagógica do Feimep tem a assinatura do violoncelista piracicabano André Micheletti, professor de música da USP (Universidade do Estado de São Paulo) de Ribeirão Preto. “A concepção do Feimep é de um evento democrático, em que a celebração da música se dá por meio da integração entre estudantes e corpo docente”, destaca.

PROFESSORES – Ministram as masterclasses de violino a instrumentista Vèronique Mathieu (Canadá-EUA) e o piracicabano Cláudio Micheletti. Jasmin Arakawa (Japão-EUA) dá as aulas de piano, enquanto o brasileiro Sérgio de Oliveira o curso de contrabaixo, e Fábio Presgrave e André Micheletti as de violoncelo. As aulas de viola ficam com Alexandre Razera.

A exemplo do que aconteceu na edição anterior, o maestro Jamil Maluf faz a regência da orquestra acadêmica do festival, no encerramento da programação. Maluf é o atual diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica de Piracicaba e recebeu quatro prêmios de Melhor Regente de Orquestra pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte).

O Feimep é realizado pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac)​,​ com apoio da Rádio Educativa FM, Associação Amigos Mahle e Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle.
Segundo Rosângela Camolese, secretária da Ação Cultural, o Feimep prioriza profissionais com carreiras de destaque e práticas pedagógicas reconhecidas na composição do corpo docente. “É a forma de o poder público proporcionar aprendizado aos jovens instrumentistas. Com o Feimep, Piracicaba confirma a tradição como berço de bons músicos. Além disso, o Festival é um elemento para a formação de plateia.”

Deixe um comentário