Noite das Tradições Itinerante chega à Praça Imaculada Conceição

O projeto Noite das Tradições Itinerante, realizado pela SEMAC (Secretaria Municipal da Ação Cultural), chega nesta sexta-feira, 30, à Praça Imaculada Conceição, na Vila Rezende, que recebe a partir das 20h a Orquestra Feminina de Viola Caipira “As Piracicabanas”. O evento será aberto ao público.

A Orquestra Feminina de Viola Caipira nasceu com o objetivo de incentivar e cultivar a chamada música “caipiracicabana”. A viola Caipira é foco e é na música raiz que a Orquestra encontra inspiração para tocar o coração das pessoas, com melodias singelas, mas cheias de sensibilidades.

O repertório traz o mais requintado da música raiz, como a tão conhecida Rio de Lágrimas de Lourival dos Santos e Tião Carreiro, além de tantas outras pedras preciosas que são lapidadas nas cordas da viola caipira.

A Orquestra, que nasceu em 2010, é formada por vinte e uma integrantes, cujos instrumentos transitam entre viola caipira, violões e percussão, além de belíssimas vozes cantadas no dueto da música caipira.

 

NOITE DAS TRADIÇÕES

Idealizado e coordenado por Fábio Cardoso Monteiro, o projeto Choros & Serestas, do qual faz parte a Noite da Seresta, teve início em 1993 e passou a contar com a parceria definitiva da Secretaria Municipal da Ação Cultural em 2001. O objetivo é promover o resgate de um gênero musical que deixou marcas profundas na cultura piracicabana, revivendo o romantismo de décadas passadas com a proposta de fomentar a confraternização social e valorizar os músicos e cantores de Piracicaba e região.

Em 2012, o projeto passou a ser denominado Noite das Tradições, pelo fato de, a partir desse ano, envolver todo tipo de manifestação ligada ao folclore, além de festas populares e tradições musicais, como samba, cururu, catira e samba de lenço.

Com edições fixas no Largo dos Pescadores, às margens do rio Piracicaba e outras itinerantes, ocorrendo em diferentes bairros da cidade, a Noite das Tradições é apresentada sempre na terceira sexta-feira do mês, a partir das 20h, reunindo um público que, independentemente da época do ano, chega a marca de duas mil pessoas, incluindo grupos de turistas de várias regiões.

 

Piracicaba é uma das poucas cidades do Brasil onde ainda queima a chama da seresta e da serenata. Em todo o País, esse gênero musical recebeu tratamento regionalizado, com a adição do chorinho, de origem africana, popularizando a tradição com movimentos mais alegres. Sua expansão se deu a partir do Rio de Janeiro para outras regiões do Brasil, rompendo com a homogeneidade romântica prevalecente.

 

SERVIÇO:

Noite das Tradições itinerante apresenta a Orquestra Feminina de Viola Caipira “As Piracicabanas”. Sexta-feira, 30/11, às 20h, na Praça Imaculada Conceição, Vila Rezende. Entrada Gratuita. Para mais informações, o telefone é (19) 3403-2600.

 

 

 

Deixe um comentário