Internato nas escolas

Ao início do século passado, os internatos eram comuns na maioria das grandes escolas do país. Em Piracicaba, além do Colégio Piracicabano, também a ESALQ funcionou sob regime de internato. Relatos da época dão conta que os alunos vinculados ao curso preliminar – preparatório ao ingresso na Escola Agrícola – eram internos e obedeciam ao seguinte regime: “levantar-se às 6:00 horas, almoçar às 10:00 horas, jantar às 16:00, tomar chá às 20:30 horas, devendo dirigir-se aos dormitórios às 21:00 horas, e às 21:30 horas, silêncio absoluto”. Os internos passavam a semana toda na escola , só podendo ir à cidade aos sábados e domingos.

Deixe um comentário