Primeiros colonos

Foto: Tadeu Vilani/Olhares

Antes mesmo da libertação dos escravos, Piracicaba começou a se preoucpar com mão de obra para a lavoura. Em todo o País, fazenderiso passarama buscar soluções para a nova realidade que a Abolição trouxera: libertação para os escravos, problemas para os patrões brancos. Foi-se em busca da imigração de famílias estrangeiras, principalmente européias. Antes dessa vinda organizada de estrangeiros, Piracicaba já acolhera pessoas e famílias oriundas da Europa, especialmente alemães.

De maneira organizada, porém, os prim,ieorsw colonos que, oficialmente, vieram para a região foram 94 açorianos, trazidos pelo fazendeiro João Tobias de Aguiar e Castro, para a sua fazenda em Rio das Pedras, pois ele já libertara os seus escravos. O registro do acontecimento é de 29 de dedezembro de 1883. E, no ano seguinte, em 25 de maio de 1884, o italiano César Bertoldi publicava um anúncio em que se incumbia de trazer, para Piracicaba, famílias do Tirol (Austria), que trabalhariam na lavoura piracicabana. Santana e Santa Olímpia, há que se lembrar, foi colonizada por tiroleses.

Deixe um comentário