Rodovia Luiz de Queiroz: história começou em 1958

Em tempos em que a viagem a São Paulo se constituía em verdadeira epopéia, foi com entusiasmo que Piracicaba saudou o início do asfaltamento da ligação entre o município e a Via Anhanguera, ocorrido em 1958. O surgimento total da hoje Rodovia Luiz de Queiroz demorou, no entanto, nada menos que vinte anos, sendo realizada em várias etapas, nas quais surgiam alternativas às passagens obrigatórias por Tupi, Caiubi, Santa Bárbara D’Oeste e Americana.

Concluída em 1982, a pista única já era totalmente insuficiente para a demanda de tráfego e, segundo estatísticas, somente entre janeiro e maio ali ocorreram mais de 100 acidentes. A duplicação da estrada foi autorizada somente em 1986, durante o Governo Montoro, época em que as estimativas eram de que ali trafegassem 9 mil veículos/dia. A extensão duplicada teve 40 quilômetros de extensão.

1 comentário

  1. Zilda em 22/09/2017 às 20:01

    Eu morreu numa chácara de meu pai João sena em 1980 hoje. Só saudsde

Deixe um comentário