Afropira leva cultura afro ao Engenho Central

afropira1

Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, a Prefeitura de Piracicaba, por meio da SEMAC (Secretaria Municipal da Ação Cultural) e a Comissão Afropira realizam na próxima quarta-feira, 20 de novembro, no Engenho Central, o “Afropira – Salve Zumbi – Nosso Povo, Nossa Cara”, que contará com um vasto leque de atividades alusivas à cultura negra e às tradições afro brasileiras. A entrada é gratuita.

Entre as atrações, estão apresentações musicais – com estilos como samba, rap, maracatu e outras –, de dança, sarau, intervenções teatrais, oficinas de ritmos, de capoeira e de construção de instrumentos, além de um espaço destinado ao hip-hop, com workshop e apresentações.

A abertura será às 8h, com Sarau Cultural e Educativo no armazém 14. Às 12h30 terá início a programação de shows e oficinas, que acontecerão no Armazém 14B (próximo à Passarela Estaiada), em palcos externos e também em uma tenda montada no Engenho. As entradas serão pela Passarela Estaiada e pela Ponte do Morato.

“O Afropira é um evento que tem como objetivo levar a riquíssima cultura afro, que agregou e vem agregando muitos valores, se incorporando à cultura brasileira, à população de Piracicaba e também às pessoas de outras cidades que nos visitam. Teremos uma série de atrações, que certamente agradarão o público. Trata-se de uma justíssima homenagem”, afirma a secretária municipal da Ação Cultural, Rosângela Camolese.

Além do Engenho Central, ao longo de todo o mês de novembro acontece o Afropira nos Bairros, responsável por levar atrações à diferentes pontos de Piracicaba.

CONSCIÊNCIA NEGRA – O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade. A semana dentro da qual está esse dia recebe o nome de Semana da Consciência Negra.

A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. O Dia da Consciência Negra procura ser uma data para se lembrar da resistência do negro à escravidão de forma geral, desde o primeiro transporte de africanos para o solo brasileiro (1549). Outros temas debatidos são: inserção do negro no mercado de trabalho, identificação de etnias, moda, beleza negra, entre outros.

 

PROGRAMAÇÃO – ENGENHO CENTRAL

8h – Sarau Cultura e Educativo “10 Anos da Lei 10.639: Formação de Educadores” – Armazém 14

 

SHOWS (Palcos)

12h30 – Apresentação Crianças e Adolesecentes do Projeto Case

13h30 – Samba & Prosa e convidados (Willian Barros, Valdir do Sambatuk, Jorginho e Chokito do Swingado)

14h30 – GEACAP SHOW com participação de Marcinha (Palco 2)

15h – Daniel Garnet e Peqnoh

15h30 – Breakdance Casa do Hip Hop (Palco 2)

16h – Elaine Teotônio Convida: Juca Ferreira, Marco Abreu e Mulheres Cantadeiras de Elson de Belém (Ana Barros, Thereza Alves, Walkíria Estela, Andréa Martins, Bell Farias e Nathy Pezzato). Participação: Equipe Samba Rock de Ponta e Gafieira (espaço FAMA)

17h – Batuque de Umbigada de Mestre Dado (Palco 2)

17h30 – Intervenção Teatral – Mayra Calin, Eva Prudêncio, Giovani Magalhães e Elson de Belém

(Palco 2)

1h40 – Samba com Grupo Quilombola

18h40 – Jongo Filhos da Semente de Indaiatuba (Palco 2)

18h55 – Samba de Lenço Grupo Mestre Antônio Carlos Ferraz (Palco 2)

19h10 – Reggae bandas Senegal, Rabo Jah Raia, Reggaessence e Canaiera

19h50 – Intervenção Teatral – Mayra Calin, Eva Prudêncio, Giovani Magalhães e Elson de Belém (Palco 2)

20h15 – Grupo Oitava Cor

21h – Escola de Samba EKYPERALTA

 

OFICINAS (Armazém 14B)

13h – Batuque de Umbigada – Vande – Casa do Batuqueiro

14h – Ritmos – Wellister Barbosa

15h – Maracatu – Tony Azevedo – Bloco da Ema

16h – Dança Afro – Marcinha

17h – Construção de instrumentos com materiais recicláveis – Mestre Marquinho

18h – Samba de Gafieira – Angelo e Valquíria – Espaço FAMA

19h – Samba Rock – Jean e Maysa – Equipe Samba Rock de Ponta

20h – Jongo – Filhos da Semente de Indaiatuba

20h30 – Samba de Lenço – Ediana – Grupo Mestre Antônio Carlos

 

OFICINAS DE CAPOEIRA (Armazém 14B)

13h – Circuito capoeira Piracicaba

15h – Capoeira Angola – Mestre Zequinha – Grupo Raiz de Angola

17h – Maculelê – Instrutor Pastel – Grupo Cordão de Ouro

18h – Capoeira Regional – Mestre Mysso – Grupo Resgate

19h – Capoeira Show – Mestre Geninho – Grupo Engenho Novo

20h – Capoeira Contemporânea – Mestre Marquinho – GEACAP

 

ESPAÇO HIP HOP (Tenda)

13h – Workshop e Oficinas

16h – CLUBE DO DJ

17h – Apresentações

20h – CLUBE DO DJ

 

AFROPIRA NOS BAIRROS

09/11 as 13h – Parque dos Eucaliptos – Oficinas e Grupo SWINGANDO

15/11 as 14h – Santa Terezinha – Oficinas e ELAINE TEOTONIO E BANDA

16/11 as 15h – Cecap – Oficinas e Grupo MOLEQUE LEVADO

17/11 as 14h – Paulicéia – Oficinas e Grupo MOLEQUE LEVADO

23/11 as 14h – Mário Dedini – Oficinas e Grupo RESUMO

24/11 as 14h – Vila África – Oficinas e Grupo SWINGANDO

29/11 as 18h – Novo Horizonte – Oficinas e Grupo RESUMO

Deixe um comentário