Apla e Apex-Brasil promovem rodadas de negócios do setor sucroenergético no México

O Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy, parceria entre o Apla (Arranjo Produtivo Local do Álcool) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) realiza nos dias 20 e 21 de março com representantes do setor sucroenergético no México. O evento será realizado no Hotel Galeria Plaza na cidade de Veracruz.

O estado de Veracruz é a maior região produtora de açúcar do México e o país tem atualmente 55 engenhos com capacidade para produzir quase cinco milhões de toneladas de açúcar por ano.

No ano passado, parlamentares mexicanos estiveram no Brasil para conhecerem o processo de produção do etanol – produto pouco produzido naquele país. O diretor executivo do Apla, Flavio Castelar comentou que o mercado sucroenergético no México é promissor e as rodadas de negócios com participações de 30 empresas brasileiras impulsionam ainda mais o comércio entre os países.

“O México possui mais de 600 mil hectares disponíveis para a expansão da indústria da cana, mas a ausência de incentivos governamentais e a rentabilidade maior fizeram os empresários mexicanos optarem apenas pela fabricação de açúcar”, explicou Hervis Reyes, senador mexicano em visita à União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) no ano passado.

Outro ponto forte do plantio de cana no México é a propícia condição agroclimática da região, mão de obra abundante e a posição geográfica, localizado ao lado dos Estados Unidos – um dos maiores consumidores mundiais de etanol -, o que posiciona o México com extrema vantagem competitiva frente a outros países produtores.

O evento contará com as rodadas de negócios para participantes dos engenhos mexicanos, representantes de usinas, pesquisadores, produtores, fornecedores de toda a cadeia produtiva do Brasil, Estados Unidos e Caribe.

Os convidados também poderão assistir a palestras sobre o cenário sucroenergético ministradas por nomes de referências no setor, como Dr Guilherme Nastari, da Datagro; Dr Paulo Uchoa, da Syngenta; Dr Weber Amaral, da Esalq; e Dra Raffaella Rosetto, do IAC – Instituto Agronômico de Campinas –, que, desde 2008, mantém convênio de cooperação técnica entre os estados de São Paulo e Veracruz para transferência de tecnologia de variedades de cana desenvolvidas pelo instituto de pesquisa paulista.

Confira abaixo a programação completa:

 20 de março de 2013

8h00 – 8h30 | Credenciamento

8h30 – 9h00 | Abertura do Evento

9h00 – 9h45 | Apresentação – Evolução da atual indústria da Cana, Açúcar e Etanol no Brasil – com Dr Guilherme Nastari (Datagro)

9h45 – 10h30 | Apresentação industrial – Inovação Tecnológica na produção de açúcar, etanol e outros bioprodutos – Dr. Weber Amaral (Esalq/Usp)

10h45 – 13h00 | Rodadas de Negócios

13h00 – 14h00 | Almoço

14h00 – 18h00 | Rodadas de Negócios

18h00 | Coquetel

 

21 de março de 2013

9h00 – 9h45 | Apresentação – Variedades e Controle de Processo – Dr Paulo Uchoa (Syngenta)

9h45 – 10h30 – Apresentação – Manejo Agronômico da cana-de-açúcar no Brasil – Dra Raffaella Rosetto (IAC – Instituto Agronômico de Campinas)

10h45 – 13h00 | Rodadas de Negócios

13h00 – 14h00 | Almoço

14h00 – 18h00 | Rodadas de Negócios

18h00 | Encerramento do Evento

 

Data: 20 e 21 de março

Cidade: Veracruz – México

Local: Hotel Galería Plaza Veracruz

Blvd. Adolfo Ruiz Cortines 3495

Colonia Costa Verde

Boca Del Rio

Veracruz | Mexico

Deixe um comentário