Greve de bancários fecha principais agências do Centro da cidade

DSC_0055

A greve dos bancários teve início nesta terça-feira (30) em pelo menos 10 estados do país e, em Piracicaba, as oito principais agências da Praça José Bonifácio, no Centro, não irão abrir para atendimento ao público, conforme informações do sindicato da categoria.

Algumas agências de bairro devem funcionar para colaborar com os aposentados que irão retirar o benefício que em geral é recebido no último dia do mês ou no primeiro, nesta quarta (1). Os caixas eletrônicos também funcionam normalmente.

De acordo com o sindicato, as agências centrais do Bradesco, Itaú, Santander, Caixa Econômica, Banco do Brasil HSBC, Safra e Mercantil do Brasil, não vão abrir na praça central. Até às 9h, não havia ocorrido nenhum problema em relação ao fechamento de estabelecimentos, segundo a categoria.

As reivindicações da classe, de acordo com o sindicato, são reajuste salarial de 12,5%, pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), piso salarial de R$ 2.979,25, vales alimentação, refeição, 13ª cesta básica e auxílio-creche/babá: R$ 724,00 cada. Eles pedem ainda melhores condições de trabalho com o fim das metas abusivas e do assédio moral, fim das demissões, mais contratações, aumento da inclusão bancária, fim da rotatividade e combate às terceirizações.

Também segundo informações do sindicato, a Federação Nacional dos Bancos propôs reajuste de 7, 35%, valor que foi recusado durante assembleia nesta segunda-feira (29) por unanimidade. “Não queríamos greve, mas os banqueiros nos obrigaram a isso. Apresentaram propostas insuficientes, sem contemplar as cláusulas de saúde, melhores condições de trabalho e contra o assédio moral, nos deixando sem saída”, afirmou a presidenta em exercício do Sindicato dos Bancários, Angela Ulices Savian.

Fenaban

A Federação Nacional dos Bancos informou, por meio de assessoria de imprensa, que as negociações com os bancários seguem e que “o consumidor dispõe de vários canais para a realização de transações financeiras, tais como internet, o banco por telefone, o aplicativo do banco no celular. Há também os caixas eletrônicos e rede 24 horas, que ficam disponíveis em supermercados, aeroportos, shoppings, lojas comerciais e centros comerciais, além dos correspondentes, que estão espalhados por todo o Brasil”.

Deixe um comentário