Mais dois casos de raiva em morcegos

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) recebeu o resultado de mais dois casos positivos para morcego infectado com o vírus da raiva em Piracicaba. Agora, com os animais recolhidos no Centro e Jardim Alvorada, são três os casos confirmados no município este ano. Na semana passada, o CCZ confirmou o resultado positivo em um animal recolhido em um imóvel do bairro Cidade Jardim.

As ações de cobertura de foco na área delimitada num raio de 500 metros a partir de onde os animais foram encontrados tem início nesta sexta-feira (12). O trabalho será iniciado no Centro, entre as ruas XV de Novembro, Benjamin Constant e avenidas Doutor Paulo de Moraes e Antonio Corrêa Barbosa.
O término do trabalho nesta região está previsto para a quarta-feira (24), quando deve ter início o trabalho no Jardim Alvorada, próximo à Avenida Pompeia. A previsão pode ser alterada em função do clima.
Os moradores dessas áreas que possuírem animais (cães e gatos) e não estiverem em casa no momento da visita poderão levar seus animais para receberem a vacina no Canil Municipal, de segunda-feira a sábado, das 8h às 17h. O Canil Municipal fica na Rua dos Mandis, s/nº e o telefone para mais informações é o (19) 3427.2721.
Todos os animais deverão ser vacinados anualmente, porém os que residirem em áreas de ocorrência de raiva em morcegos, e ainda não foram vacinados neste ano, deverão receber a dose de reforço por conta do caso de raiva diagnosticado.
ANIMAIS
Para solicitar o recolhimento de morcegos, vivos ou mortos, é preciso entrar em contato com o CCZ. Porém, caso o animal seja encontrado caído no imóvel, fora do horário de expediente, as orientações são:
– Não tocar no animal.
– Morcego vivo – orienta-se que o morador coloque um balde para cobrir o animal com um peso em cima e no outro dia útil acione o CCZ.
– Morcego morto – pode ser recolhido com auxilio de uma vassoura e uma pá e armazenado em local seguro até que o CCZ faça o recolhimento.

Deixe um comentário