Prefeito renova convênio com Projeto de Equoterapia da Esalq

O prefeito Gabriel Ferrato renovou o convênio de cooperação técnica com a Fealq (Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz) para o Projeto de Equoterapia. Com investimentos de R$ 198.576,00 anuais, o projeto oferece tratamento terapêutico e educacional complementar como instrumento de reabilitação de pessoas com deficiência física e/ou mental e atende principalmente pessoas de famílias carentes do município.

Iniciativa pioneira no âmbito das universidades públicas, o projeto é realizado desde agosto de 2001 e já atendeu cerca de 900 praticantes. entre os pacientes atendidos atualmente  estão dez usuários do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) 2 Bela Vista, que têm na equoterapia parte de seu projeto terapêutico.

Desenvolvido no setor de Equinocultura do Departamento de Zootecnia da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), o projeto conta com dez profissionais nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, pedagogia, zootecnia, engenharia agronômica e equitação.

O convênio tem prazo de duração de cinco anos, podendo ser renovado por igual período. “Esse projeto é desenvolvido em nossa cidade há bastante tempo, com reconhecido sucesso e reconhecimento. A renovação do convênio tem fundamental importância para sua manutenção”, destacou o prefeito Gabriel Ferrato.
O PROJETO
A equoterapia tem como objetivo melhorar o desenvolvimento físico, psíquico, cognitivo e social dos praticantes. Por acontecer ao ar livre, a técnica mostra-se lúdica, prazerosa e pode acelerar a evolução do tratamento. As oscilações e o movimento do cavalo estimulam reações de equilíbrio e fornecem às crianças condições básicas para facilitar e desenvolver sua capacidade motora, intelectualidade, cognição e socialização.

Além do atendimento a pessoas com necessidades especiais, o projeto forma interessados em desenvolver núcleos de equoterapia em outras regiões, por meio de cursos de difusão cultural realizados anualmente pela equipe interdisciplinar. Conta também com a prestação de serviço voluntariado, aberto a todas as pessoas, de qualquer profissão e também com o trabalho de estudantes das áreas afins, que aprimoram seus conhecimentos a partir de estágios.

Deixe um comentário