Produção cubana terá paralela no 43º Salão Internacional de Humor

Tamayo_CubaA marca do humor cubano e as transformações sociais e econômicas com a gradual abertura de Cuba são o mote de Humor Cubano, mostra paralela da 43ª edição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba. A exposição acontece de 27 de agosto a 08 de outubro, junto com a mostra principal.

A exposição contará com desenhos de cartunistas cubanos, conhecidos mundialmente, entre eles Angel Boligan, Alex Falcó, Reynerio Tamayo, Ares, Zardoyas.

Boligan explica que a intenção é reunir um grupo de autores da Ilha, que trabalham um humor conceitual, um desenho sem texto, apoiado somente na gráfica, na metáfora e na poesia, que podem ser traduzidos com uma marca distintiva do humor cubano. “Cada um conta com um estilo, proposta e discurso diferentes”, reforça. Os cartunistas, segundo Boligan, trabalham em seus espaços editoriais a temática sobre a relação entre Cuba e Estados Unidos, mas ele frisa que a mostra será focada no humor geral retratado na Ilha.

O Salão Internacional de Humor de Piracicaba é realizado pela Prefeitura de Piracicaba por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural e Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação de Humor Gráfico de Piracicaba (CEDHU).

MOMENTO CUBANO – Cuba passa por um momento de abertura desde que Raúl Castro assumiu o poder. Segundo a professora Fabíola Cristina Oliveira, coordenadora do curso de relações internacionais da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), dentro do processo de gradativa flexibilização promovido por Raúl, estão a abertura ao trabalho privado e aos investimentos estrangeiros. “Ele propôs abrir a Ilha para esses investimentos estrangeiros, desde que o papel do Estado fosse preservado. Também pretendia fazer alterações para elevar a produtividade de alguns setores da atividade econômica. Umas das medidas para o avanço de Cuba no comércio mundial foi a construção da estrutura portuária de Mariel”, lembra.

Outra medida de distensão do governo foi a alteração das restrições de viagem. Fabíola explica que o pedido de permissão obrigatório foi alterado. “Uma nova legislação, implementada em janeiro de 2013, retirou a necessidade de pedir permissão de saída por parte dos habitantes da Ilha. Em se tratando aos EUA, como parte do processo de normalização das relações, o governo cubano liberou as viagens marítimas procedentes de lá, proibidas desde os anos 1960.”

A reativação da relação Estados Unidos-Cuba também integra a flexibilização. Desde o anúncio em 2014 e a visita de Barack Obama à Ilha, em março deste ano, grandes mudanças foram anunciadas, tanto na área diplomática quanto nas questões econômicas e sociais. Fabíola lembra que a reabertura da embaixada americana em Havana e a retirada pelo Departamento de Estado americano de Cuba da lista de países que fomentam o terrorismo, integram as mudanças na diplomacia.

Para além do embargo, outros pontos geram discórdia entre os países, o Campo de Detenção da Baía de Guantánamo, território ocupado pelos Estados Unidos e a questão dos direitos humanos, que é encarada de diferentes perspectivas por um e outro país.

A questão da liberdade de uso da rede mundial de computadores ainda é um ponto que merece atenção nas flexibilizações. O acesso da população é baixo, apenas ¼ da população. Mesmo estes não têm liberdade total, com restrição a sítios estrangeiros. O custo da internet também é elevadíssimo. “De modo que a prioridade de acesso à internet é dada a instituições estratégicas, como hospitais, universidades, forças armadas, imprensa e centros de investigação científica”, finaliza Fabíola.

INSCRIÇÕES ABERTAS – Estão abertas até o dia 22 de julho as inscrições para o 43º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. As categorias em cena são cartum, charge, caricatura, tiras/HQ (histórias em quadrinhos) e tema mobilidade. A premiação soma R$ 55 mil. O regulamento na íntegra e a ficha de inscrição estão disponíveis no site do evento: salaointernacionaldehumor.com.br.

O 14º Salãozinho, direcionado a estudantes da rede pública e privada, com idade entre 7 e 14 anos, segue com inscrições até 24 de junho. Serão conferidos seis prêmios destinados aos primeiros, segundos e terceiros lugares. Mais detalhes e a ficha de inscrição também estão disponíveis no site do Salão de Humor.

 

1 comentário

  1. Diego em 03/06/2016 às 21:40

    O povo cubano é muito sofrido nesse regime comunista, espero que se abram cada vez mais e mais…

Deixe um comentário