Reciclagem e meio ambiente são temas da SIPAT 2015

De 3 a 5 de novembro, a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) da Santa Casa de Piracicaba realiza a 29ª SIPAT (Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho) que, nesta edição, além da prevenção de acidentes, terá como temas principais Reciclagem e Meio Ambiente.

Segundo o engenheiro do trabalho e presidente da CIPA (Comissão Interna de Prevenção a Acidentes), Cesar Acconci, a programação consta de palestras diárias e a tão esperada e tradicional paródia no último dia do evento, com início sempre às 14 horas, no salão de convenções da Santa Casa.

No dia 03 de novembro haverá palestra sobre a catalogação das áreas da Santa Casa, feita pelo professor Demóstenes Ferreira da Silva Filho, da ESALQ (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), que realizou todo um trabalho de identificação das árvores, sendo a Santa Casa considerada uma “ilha verde” dentro da área urbana.

No dia 04, a relação da empresa e seus funcionários com a importância da reciclagem será abordada por Edison Ferreira da Silva, Conselheiro da Associação Brasileira de Prevenção de Acidentes – ABPA.

Dia 05, o tema da palestra abordada pelo professor do Senac Piracicaba e proprietário da Sirius Consultoria e Treinamento, Danilo Augusto Diehl, será o Empreendedorismo – Um desafio para todos. Ele irá informar sobre a capacidade empreendedora que existe em todos e como podemos contribuir para a nossa empresa sendo empreendedor.

Para encerrar, no dia 6, será feita o tradicional concurso de parodia musical, onde os funcionários participam com sua criatividade, mostrando os talentos da empresa. Neste dia também será premiado o concurso de reciclagem e ao final a premiação de todos os eventos.

Na área da prevenção de acidentes, destaque para temas relacionados principalmente com a área de enfermagem, um dos principais alvos da prevenção devido, sobretudo, ao grande número de profissionais da área na empresa. “Além de manter contato direto com o paciente, a Enfermagem responde por 60% do total de funcionários do Hospital”, justifica Acconci.

Deixe um comentário