Cesta Básica aumenta pela segunda semana consecutiva

O preço médio da Cesta Básica de Piracicaba ICB – ESALQ/FEALQ, calculado pela EJEA, para a semana encerrada no dia 15 de novembro de 2013, apresentou variação de 0,92% em relação à semana anterior, passando de R$ 410,69 para R$ 414,47.

A categoria Alimentos aumentou 0,23%, passando de R$ 334,56 para R$ 335,33. O aumento da categoria Limpeza foi de 0,93%, passando de R$ 42,55 para R$ 42,95. Na categoria Higiene a variação foi de 7,74%, passando de R$ 33,59 para R$ 36,19. Os produtos com destaque nessa análise são a farinha de mandioca e o açúcar.

A variação do preço da farinha de mandioca nas últimas quatro semanas: após uma pequena queda na terceira semana o preço voltou a subir, passando de R$2,56 para R$2,76/500g, com aumento de 6,34%.

A oferta do produto ainda sofre os efeitos do clima seco do mês de agosto que chegou a interromper os trabalhos de colheita do setor segundo CEPEA/ESALQ-USP. Com a demanda aquecida, os produtores optaram por aproveitar o mercado favorável e acelerar a colheita, mesmo sacrificando a produtividade. Essa iniciativa não foi suficiente para diminuir os preços. Ainda segundo o CEPEA, com as chuvas do mês de setembro, os produtores decidiram adiantar o plantio em vez da colheita. Com isso, a oferta só deve voltar ao normal em meados de abril com a nova safra. Até lá os preços não devem cair, principalmente se a demanda continuar aquecida.

O aumento do açúcar na semana foi de 5,79%, passando de R$ 1,61 para R$ 1,70 / kg. Segundo o CEPEA, as recentes chuvas nas regiões produtoras de São Paulo provocaram atrasos nas colheitas. A mesma instituição informa que o recente incêndio em um grande depósito no porto de Santos deixou os agentes das usinas cautelosos em relação à oferta e a logística do açúcar. A restrição da oferta pressionou os preços.

Deixe um comentário