Moção de apoio à ambientalista Marta Corrêa

Esta seção está disponível à população para a discussão dos interesses da comunidade, incluindo sugestões, reclamações, etc. Basta enviar-nos um e-mail através desta página. A redação reserva-se o direito, no entanto, de avaliar a autenticidade dos conteúdos e a pertinência da publicação. Informamos, ainda, que os textos aqui publicados não traduzem, necessariamente, a opinião do site.

arvore-14As entidades abaixo assinadas vêm declarar sua indignação com a manchete sensacionalista veiculada pelo jornal Correio Popular, em sua edição de 11 de outubro p.p., que induz o leitor a acreditar que a ambientalista Márcia Corrêa, presidente da Associação Protetora da Diversidade das espécies – PROESP, a mais antiga e atuante entidade ambientalista de Campinas, teria cortado uma árvore na calçada de sua casa, ao arrepio da lei, fato que o próprio texto, a seguir, deixa claro que não é comprovado.

Parece-nos claro que o objetivo da reportagem foi o de colocar em dúvida a credibilidade da dedicada ambientalista, e por conseguinte de todo o movimento ambientalista, cuja postura ética em defesa da qualidade de vida e dos interesses coletivos, é reconhecida por todos e muito além dos limites de nossa cidade.

Também nos parece claro que esse tipo de jornalismo em nada colabora para a construção de uma cidade justa, democrática e sustentável. Num momento crítico para toda a humanidade, onde viver com qualidade nas cidades se torna cada vez mais importante, o papel construtivo que este diário poderia exercer fica severamente comprometido ao se prestar a interesses escusos que insistem em desacreditar as pessoas e entidades que têm postura reconhecidamente firme, independente e transparente na defesa da qualidade de vida em Campinas.

Assinam:

Associação Protetora da Diversidade das Espécies – PROESP (Campinas)

Associação de Proprietários e Moradores do Vale das Garças (Campinas)

Associação de Moradores e Amigos do Guará – AMA Guará (Campinas)

Frente Nacional de Vereadores pela Reforma Urbana (São Paulo)

Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental – PROAM (São Paulo)

Instituto de Pesquisa Ambiental de Louveira (Louveira)

Instituto Voz Ativa (Campinas)

Movimento Pró-Parque de Barão (Campinas)

Sociedade de Defesa de Meio Ambiente de Piracicaba – SODEMAP (Piracicaba)

Deixe um comentário