A irmã do Papa santificado

O Papa Pio X governou a Igreja Católica de 1903 a 1914. Foi canonizado em 1954, o primeiro papa tornado santo da Igreja nesse século. Seu nome era Giuseppe Melchiorre Sarto. No livro de memórias, do agrônomo Francisco Iglésias, há uma informação curiosa: o cocheiro da suntuosa carruagem usada por Paulo de Moraes Barros chamava-se Pedro Sarto.

Segundo o memorialista, Pedro Sarto afirmava ser sobrinho do Papa Pio X, sendo, pois, sua mãe, irmã do Papa. A mãe de Pedro era uma senhora mirrada, que fazia limpeza de casas. O mesmo cerimonialista conta que apenas acreditou no parentesco de Pedro Sarto com o Papa quando o jornal O Estado de São Paulo publicou, em 1910, a notícia de que havia retornado de Roma a irmã do papa Pio X, “uma senhora que residiu em Piracicaba por muitos anos”. A velinha, que andava pelas ruas piracicabanas com a vassoura nas mãos, era, realmente, a irmã do Papa que ficou santo.

Deixe um comentário