Corredores de ônibus devem reduzir em 20% tempo de viagem no transporte coletivo

Corredor - obras avenida Dona Francisca - Justino LucenteRedução no tempo de viagem no transporte coletivo e modernização dos terminais urbanos, melhora no tráfego de veículos em geral e novo asfalto em toda a extensão de várias vias da cidade. Essas são algumas das melhorias que as obras dos Corredores de Ônibus, realizadas pela Prefeitura de Piracicaba, irão proporcionar para a população.

O projeto, que consiste em destinar uma faixa preferencial para os coletivos, tem extensão total de 31,7 km, e pode reduzir em até 20% o tempo na viagem dos passageiros. Os cinco trechos contemplados estão na Vila Rezende com 8,6 km; Piracicamirim, incluindo avenida Professor Alberto Vollet Sachs, com 7,6 km; Paulista – Jaraguá – São Jorge com 5,2 km; Paulicéia/31 de Março com 4,9 km e Paulicéia/avenida São Paulo/ rua Fernando Lopes, com 5,5 km, considerando os dois sentidos das vias em todos os trechos.

As obras já estão em andamento em dois corredores. Na avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira – corredor Vila Rezende – os serviços são realizados em duas faixas, que já receberam fresagem (raspagem) em 50% do asfalto, além de abertura e escavação de baias de ônibus. Em outro ponto, foram iniciadas as obras de sondagem para o viaduto de acesso da avenida Armando de Salles Oliveira à rua do Rosário. Na avenida Dona Francisca foi iniciada esta semana a fresagem de asfalto.

Na avenida Piracicamirim são executados serviços de fresagem, marcação de guia e início das baias de ônibus. Na avenida Alberto Vollet Sachs, a fresagem já foi realizada no trecho entre a avenida Piracicamirim até o TPI (Terminal Piracicamirim).

Os Corredores de Ônibus trazem com eles várias melhorias na infraestrutura dessas vias. Entre elas estão recape completo da avenida ou rua, com fresagem de camadas de asfalto do pavimento atual, além de melhorias nos coletores de água pluvial; pavimento rígido (concreto) em todos os pontos de parada; instalação de novos abrigos, mais modernos e mais confortáveis, além de lixeiras e piso tátil; elevação da calçada nos pontos de parada, possibilitando melhor mobilidade aos usuários no momento do embarque. Nova sinalização de trânsito, tanto vertical como horizontal e nova sinalização semafórica, com nova programação, além da modernização dos terminais Central, Piracicamirim, Paulicéia, Vila Sônia, CECAP/Eldorado e São Jorge, completam o pacote.

CONFORTO – A doméstica Maria Cristina Barbosa, 47, usa o transporte coletivo diariamente e aprovou as mudanças. “Moro no Parque Piracicaba e sempre utilizo o Terminal Vila Sônia. Ele está precisando de melhorias e vai ajudar também meu filho que estuda e trabalha”, disse.

Para a funcionária pública Dulcinete Oliveira, 39, o corredor vai ajudar, principalmente, pela agilidade. “Minha família toda usa o transporte coletivo e os corredores vão ajudar principalmente as pessoas que têm compromissos a chegar no horário”, acrescentou.

A execução dos corredores de ônibus tem recursos obtidos por meio do financiamento do programa Mobilidade Médias Cidades, da Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 52,6 milhões, e R$ 2,8 milhões de contrapartida da Prefeitura.

PRAZOS – Por se tratar de corredores diferentes, as obras foram divididas em contratações. O corredor Vila Rezende tem término previsto para janeiro de 2017. No corredor Piracicamirim, a data prevista é setembro de 2016 e o corredor Jaraguá – São Jorge para fevereiro de 2017. As obras do corredor Pauliceia e a melhoria no Terminal Vila Sônia estão em fase de contratação. A Prefeitura ainda licitará as obras de modernização do Terminal Piracicamirim e corredor avenida São Paulo e trecho da avenida Armando de Salles Oliveira (entre D. Pedro I e Independência).

 

Deixe um comentário