Diferença de preço do lombo entre supermercados atinge 95%

nozes1

A EJEA realizou, no período de 18 de novembro a 13 de dezembro, a pesquisa de preços dos principais produtos natalinos em sete supermercados de Piracicaba. Neste ano dois novos itens foram inseridos no levantamento: as frutas secas e a cidra.

O preço médio do panetone de 1kg foi de R$ 23,16, valor praticamente igual ao do ano passado, de R$ 23,02. A variação de preços entre os supermercados foi de 7,89%. No ano passado a diferença entre o supermercado mais barato e o mais caro tinha sido de 161,95%. Apesar disso, vale a pena o consumidor pesquisar os preços em diferentes estabelecimentos. O produto pode ser encontrado por R$ 17,89 no supermercado mais barato e por R$ 25,78 no mais caro.

No panetone de 500g, a maior diferença entre lojas foi de 1,37%. No ano passado essa variação tinha sido de 76,40%. O preço médio também apresentou queda, passando de R$ 12,20 no ano passado para R$ 11,48 neste ano. Existe uma significativa diferença de preço entre as diferentes marcas do produto: o panetone da marca mais cara pode ser encontrado por R$ 15,96, enquanto o da marca mais barata sai por R$ 5,49.

As cotações médias dos chocotones de 500g foram de R$ 12,18, alta de 1% em relação ao ano passado, quanto o preço médio tinha sido de R$ 12,06. AO preço médio da marca líder de mercado foi de R$14,58, apresentando uma variação média 3,8% nos chocotones da marca. Neste ano, o consumidor que procura gastar menos com as festas de fim de ano, deve seguir o eficiente conselho de pesquisar o preço do produto antes da compra, pois os preços médios encontrados do doce natalino nos supermercados variaram, em média, entre R$ 8,47 e R$ 14,58.

O Chester (tradicional) apresentou uma cotação média de R$ 13,01/kg. Esta é uma ótima notícia para os consumidores piracicabanos, pois houve queda de 28,9% em relação ao mesmo período do ano passado. A variação de preços entre os supermercados analisados foi de 2,49%. Para o produto da marca líder de mercado, o valor mais caro encontrado foi de R$ 14,48/kg e o mais barato, de R$ 11,98/kg.

O peru também apresentou uma variação expressiva de preços. O preço médio do produto está em R$13,48/kg, com variação entre R$15,93/kg no supermercado mais caro e R$11,58/kg, no mais barato. Essa diferença representa uma variação de 37,56% entre eles. O preço médio do peru nesse fim de ano também está 6,14% mais caro do que no ano passado, quando tinha sido de R$12,70/kg. Foi constatada uma diferença considerável nos preços entre as diferentes marcas que chegam a variar em 13,90%. O preço da marca com média mais cara chega à R$14,50/kg, enquanto a marca mais barata atinge média de R$12,73/kg.

O tender é outro produto cuja compra merece cuidado. A variação entre as marcas chega a 110%. A média da marca mais cara foi de R$41,02/kg, enquanto a mais barata foi R$19,45/kg. A variação dos preços entre os supermercados é também significativa. Nos mais caro, a média chegou a R$35,93/kg enquanto que no mais barato, a média chegou a R$29,66/kg. A diferença entre eles é de R$6,26/kg.

O preço médio do lombo foi de R$17,69/kg. A amplitude média de preços foi de R$4,70/kg. No entanto, o item mais caro foi encontrado a R$23,97 enquanto o mais barato a R$12,28 o quilo, o que representa uma diferença de 95% entre os supermercados. Em relação ao ano passado, quando o preço médio foi de R$16,19/kg, houve um aumento de 9% no preço médio desta carne.

O preço médio encontrado para o quilo de frutas secas foi de R$14,51. A diferença entre mercados foi muito grande, chegando a 448% de variação. Elas podem ser encontradas desde R$6,55 até R$35,93/kg. Finalmente, o preço médio das cidras de 660ml de menor preço foi de R$7,00 e a diferença encontrada entre os mercados foi de R$2,56/garrafa, em média.

Deixe um comentário