Fundecitrus abre inscrições para cursos de cancro cítrico em nove regiões do estado

O Fundo de Defesa da Citricultura – Fundecitrus irá realizar um ciclo de cursos sobre controle de cancro cítrico em nove regiões produtoras de citros do estado de São Paulo, abrangendo as áreas de Bebedouro, Itajobi, Votuporanga, Mococa, Ibitinga, Mogi Mirim, Avaré, Araraquara e Lins. Serão sete cursos entre fevereiro e maio e dois em agosto (veja calendário completo abaixo).

Voltado a citricultores, engenheiros agrônomos e administradores de propriedades produtoras de citros, o curso capacita os profissionais para a tomada de decisões sobre combate à doença com informações sobre a importância da doença, a situação atual da incidência no estado de São Paulo e no Brasil, a distribuição geográfica, o ciclo de contaminação, a influência do minador no citros na gravidade a infestação, sintomas, diagnose e as medidas de controle em áreas endêmicas e sob erradicação. Também há estudos de caso, e práticas de identificação de sintomas e de testes do kit que permite o diagnóstico rápido no campo.

O Fundecitrus criou o treinamento em 2013 para apoiar o produtor na prevenção do cancro cítrico. No ano passado foram realizados seis cursos, todos na sede do Fundecitrus, capacitando 152 pessoas.

Em 2014 os instrutores viajarão para as principais regiões produtoras, expandindo as orientações sobre como prevenir e controlar o cancro cítrico, doença que atinge um número crescente de pomares nos últimos anos.

Os relatórios de inspeção recebidos pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária de São Paulo (CDA), referentes ao segundo semestre de 2013, apontam que foram erradicadas 70,7 mil plantas contaminadas com cancro cítrico. Em 2012, a doença atingiu 1,39%, registrando a maior incidência desde seu primeiro relato, em 1957.

O curso tem oito horas e é gratuito. As vagas são limitadas. As inscrições podem ser feitas pelo site do Fundecitrus no endereço www.fundecitrus.com.br/cursos/inscricao ou pelo telefone 0800 112155.

Deixe um comentário