Folha: Alckmin leu o próprio programa?

O PSB divulga pela web:

“O jornal ´Folha de São Paulo` publicou, na coluna do jornalista Vinicius Torres Freire, a notícia de que o candidato a presidente Geraldo Alckmin não leu seu próprio programa de governo. Segundo o articulista, o presidenciável declarou em entrevista que não cortará gasto público, caso seja eleito: “Isso não consta do meu programa, não tem nada disso”, afirmou Alckmin.

Ocorre que o programa de governo do tucano traz o seguinte texto: “Esse programa visa criar condições para zerar o déficit nominal, com corte de despesas correntes dos governos, incluindo juros, da ordem de 4,4% do PIB no decorrer do próximo mandato”.

Diante da incoerência, o colunista pergunta quais das seguintes hipóteses explicariam a contradição: “Primeira, o programa é de mentira; segunda, Alckmin não leu seu programa; terceira, Alckmin mentiu; quarta, Alckmin não sabia do que falava; quinta, Alckmin sentiu vagamente que a idéia de corte de gastos, debatida em público, poderia afetar negativamente sua campanha e, por via das dúvidas, negou o plano”.

Para Torres Freire, o programa do tucano não explica como faria para cortar gastos, além da vaga afirmação de que faria “choque de gestão”. Em seguida, o articulista conclui que ” Alckmin não sabe o que está no programa nem do que está falando, pois diz que vai investir mais, cortar imposto e o Estado não vai gastar mais do que arrecada (…), são providências incompatíveis, a não ser que queira dar calote na dívida pública”. “

Deixe um comentário