Memória: o véu da noiva

Algumas pessoas pensam que o chamado “véu da noiva” – uma referência à “Noiva da Colina” – seriam as águas que caem do Mirante, próximo ao Engenho Central. É um equívoco.

O “véu da noiva” é a bruma das noites piracicabanas, gotículas de água que sobrem do salto quando o rio está cheio. A expressão foi usada pelo poeta Brasílio Machado, quando, num de seus poemas, chamou Piracicaba de “Noiva da Colina”.

 

 

Deixe um comentário