6º Rio das Artes homenageia os 250 anos de Piracicaba

O Rio das Artes é um circuito de ateliês abertos criado com a intenção de valorizar as artes visuais produzidas em Piracicaba. Durante os dois dias, o público poderá conhecer o que é produzido pelos artistas locais e a diversidade de linguagens artísticas presentes. Entre as exposições participantes estão o 44º Salão Internacional de Humor no Engenho Central, que abre ao público no dia 26/9; e a exposição “Arte à Primeira Vista”, no Sesc Piracicaba. Para as oficinas que acontecerão durante a programação, que são gratuitas e com inscrições nos locais com 15 minutos de antecedência, diversas técnicas e fazer mandalas, desenho surrealista, xilogravura, grafitti e fotografia, entre outras.

Mapa do Rio das Artes

Para facilitar o entendimento do trajeto e dos locais participantes desta sexta edição, foi elaborado um mapa que pode ser retirado nos pontos culturais participantes, na unidade do Sesc e sairá também na edição de 26 de agosto no Jornal de Piracicaba. Além disso, o Turismo Social do Sesc Piracicaba oferecerá dois ônibus gratuitos que passarão pelos ateliês participantes com saídas de hora em hora, entre 10h e 17h, do Largo dos Pescadores. Para participar é preciso portar documento de identidade. Além desse trajeto com ônibus, o público pode também optar por visitar alguns ateliês e espaços à pé, que também estão em destaque no mapa.

Programação complementar

Para o encerramento das atividades do sábado, a Casa do Povoador recebe, às 19h30, o espetáculo As Aventuras do Fusca à Vela, com o Grupo Ueba Produtos Notáveis. A apresentação é gratuita, tem apoio da SemacTur e é uma releitura do clássico Moby Dick. E no domingo, às 17h30, o Largo dos Pescadores recebe Samba, choro e bossa nova, uma confraternização de encerramento dos artistas com o público participante do Rio das Artes com Barbosa Trio composto por piano, sax e voz toca as melhores músicas dos três gêneros musicais.

6º. Rio das Artes – 250 anos de luz e cor

Quando: Dias 26 e 27, sábado e domingo, 10h às 17h.

Grátis. Livre. Ônibus com saídas de hora em hora do Largo dos Pescadores para visitação aos locais expositivos.

Deixe um comentário