CEDHU inicia distribuição de cartilhas sobre a linguagem do humor gráfico

Graças a uma parceria entre a Prefeitura de Piracicaba por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural), CEDHU (Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação do Humor Gráfico de Piracicaba) e concessionária Autoban, patrocinadora da iniciativa pelo segundo ano, estão sendo distribuídas a professores e estudantes das redes municipal e estadual de ensino 10.000 cartilhas que abordam a linguagem do humor gráfico.

O material tem como objetivo principal servir de ferramenta para que os educadores coloquem em prática todas as orientações que receberam durante os encontros do projeto Humor na Sala de Aula – criado com o mote de promover a capacitação destes para que se tornem multiplicadores do universo em questão. O projeto, que acontece no CEDHU, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Diretoria Regional de Ensino de Piracicaba, teve início em abril e o término está programado para o dia 08/06.

Num primeiro momento, os impressos compostos por 12 páginas coloridas em formato de cartilha foram entregues ao grupo de 30 professores da oficina Humor na Sala de Aula. Agora, estão sendo distribuídos na rede de ensino diretamente aos estudantes pelos professores da área de educação artística de cada escola. A logística da distribuição é organizada e acompanhada por responsáveis dos dois importantes parceiros do projeto. Além disso, do total de 10.000 exemplares, cerca de 3.000 serão reservados para distribuição no espaço da exposição do 14º Salãozinho de Humor de Piracicaba, que recebe trabalhos de alunos entre 7 e 14 anos, com abertura marcada para 27 de agosto e visitas até 12 de outubro.

“A cartilha como material didático completa as ações previstas no projeto Humor na Sala de Aula e ainda serve de incentivo à produção artística pelo público mais jovem”, disse a secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese.

Com textos de fácil entendimento são apresentados também aos estudantes o Salão Internacional de Humor de Piracicaba e o Salãozinho de Humor. Desenhos de artistas participantes do Salão servem, ainda, de exemplo para explicar as categorias – charge, cartum, caricatura e tirinhas/HQ – julgadas e premiadas no evento, que está entre os maiores do mundo e que este ano chega à sua 43ª edição.

“A intenção é atingir o maior número de alunos projetando o conhecimento e a divulgação da linguagem do humor gráfico. Consequentemente também formamos e levamos todo o universo do Salão Internacional de Humor de Piracicaba para novos públicos”, enfatizou o produtor gráfico do CEDHU, Eduardo Grosso, que desenvolveu as cartilhas.

INSCRIÇÕES ABERTAS – Vale lembrar que o período de inscrições para o 14º Salãozinho segue até 24 de junho. Serão conferidos seis prêmios destinados aos primeiros, segundos e terceiros lugares. Mais detalhes e a ficha de inscrição estão disponíveis no site do Salão de Humor:salaointernacionaldehumor.com.br.

Deixe um comentário