Carta aos piracicabanos

Os textos de diferentes autores publicados nesta seção não traduzem, necessariamente, a opinião do site. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo.

Caros amigos e caras amigas. Tenho exercido o cargo de Prefeito, confiado a mim em 2012 por 138.920 cidadãos (73,54% dos votos), com dignidade e respeito ao dinheiro público. Não tenho feito promoção pessoal ou grande esforço de marketing governamental, pois entendo que o mais importante é trabalhar para melhorar a cidade e a vida das pessoas. Talvez por isso, muitos desconheçam o trabalho que vimos realizando, a não ser pelas obras mais visíveis e, às vezes, incômodas. Não faltará oportunidade para que eu possa expor tudo o que fizemos ou que estamos fazendo e mostrar o sentido das realizações e decisões tomadas, que nada mais são do que promover uma melhor qualidade de vida aos moradores de nossa cidade.

Nos últimos três anos, tenho administrado a cidade em meio à maior crise econômica e financeira do país, que afetou profundamente as finanças do município e limitou as nossas ações. Em termos de arrecadação, perdemos R$ 35 milhões em 2014, R$ 45 milhões em 2015 e estamos perdendo cerca de R$ 80 milhões agora em 2016. Em resumo, nos últimos três anos, perdemos R$ 160 milhões de arrecadação, recursos que dariam para sustentar, sem qualquer ajuda de outras esferas de governo, o hospital que terminamos de concluir. Mesmo assim, conseguimos promover avanços inegáveis para nosso município. Basta prestar atenção à nossa cidade e compará-la com outros municípios. Temos problemas e deficiências? É claro que sim. Mas estamos longe de ter grandes e graves problemas.

Nossa cidade, hoje, está longe do foco dos problemas morais e éticos que enojam a todos e comprometem o nosso país. Ao contrário, nesses quase quatro anos de gestão trabalhamos para que os recursos públicos fossem destinados ao que interessa à cidade e à nossa gente. Por meio de avaliações independentes, recebemos alguns prêmios: Prefeito Empreendedor, Prefeito Amigo da Criança, Prefeito Amigo do Idoso, Município Verde Azul (prêmio de meio ambiente), Cidade Livre do Analfabetismo (Ministério da Educação) e assim por diante. Obtivemos nota 9,4 (de um total de 10,0) como cidade transparente pelo Ministério Público Federal. Alcançamos um índice de gestão municipal considerada muito efetiva (a maior entre as cidades do estado de São Paulo) e altamente efetiva (nota máxima) em Saúde Pública pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Pelo conjunto de indicadores disponíveis em diversas áreas, fomos considerados a 26ª cidade mais inteligente do país no ranking Connected Smart Cities (cidades inteligentes e conectadas), realizado pela consultoria Urban Systems. Estamos entre as 20 melhores cidades do país em saneamento básico e, em dois anos, com os investimentos que estamos realizando contra as perdas d’água, deveremos estar entre as dez ou cinco melhores.

Estamos para inaugurar a Central de Tratamento de Resíduos (também chamada Usina de Lixo), que deverá ser a primeira do país a atender plenamente o Plano Nacional de Resíduos Sólidos, na qual 100% do lixo reciclável serão reciclados. Priorizamos saúde e educação. Aplicamos 33% dos recursos de nosso orçamento na saúde (R$ 1 milhão por dia são gastos com saúde em nosso município) e 28% em educação, ou seja, 61% de nossos recursos vão para saúde e educação, prioridades de nosso governo.

Essas são uma pequena amostra do quanto avançamos e do quanto o município é reconhecido. Poderíamos citar exemplos de todas as demais áreas de nossa administração, mas não caberiam neste espaço e o farei oportunamente. Tenho a certeza de que os avanços obtidos pelo nosso governo me credenciariam para a disputa eleitoral, pois teria a oportunidade, na campanha eleitoral, de detalhar as realizações em todas as áreas da administração municipal e apresentá-las à população, enfrentando com altivez e tranquilidade outros candidatos.

Tenho recebido diversos apelos para me candidatar à reeleição. Após muita reflexão, entendi que envolver-me na disputa significaria deixar de lado a administração da cidade em um momento de grave crise financeira, como apontamos anteriormente. Essa situação está a exigir um enorme esforço de gestão e concentração para manter as contas públicas equilibradas, sem que a cidade perca a sua qualidade. Prefiro, portanto, me concentrar na gestão da cidade para concluir o meu mandato de forma correta a buscar um novo mandato a qualquer custo. Além disso, atendo a um pedido de minha família que, por diversos motivos, entende que devo ficar fora dessa disputa. A minha família está acima de qualquer pretensão pessoal. O poder e os amigos do poder são transitórios; a família é uma amiga fiel e permanente.

Sei que, com essa decisão, estou atendendo a vontade de alguns, mas decepcionando aqueles que me queriam ver na disputa. Por esses últimos eu lamento, mas espero a compreensão. Creio que ainda vamos nos reencontrar. A pedido de muitos, que desejam que eu continue na vida pública e política da cidade, pretendo estruturar o novo partido ao qual me filiei, o PSB, convidando desde já as pessoas de bem, com compromisso público, que venham a integrar uma alternativa política para nosso município e região. O meu maior desejo, como cidadão piracicabano, é utilizar a minha longa experiência acadêmica e de vida pública para forjar novas lideranças com alto espírito público, que possam vir a nos substituir, renovar a classe política e bem servir à nossa cidade, ao nosso estado e ao nosso país.

Agradeço aos filhos pela compreensão de que a vida pública exige muita dedicação pessoal e equilíbrio diante das críticas e agressões, algumas vezes desonestas, injustas e infundadas. Agradeço à Selma, minha companheira, que sem nenhuma remuneração ou vantagem, tem se dedicado, de corpo e alma, aos mais necessitados de nossa gente.  Agradeço a todos os piracicabanos que têm me apoiado e me dado suporte nestes quase quatro anos de meu mandato.  Tenham a certeza de que, diante das restrições financeiras da Prefeitura, estou fazendo o melhor que posso e dedicado o meu maior esforço pelo nosso município. A cidade, hoje, está muito melhor do que há quatro anos. Esse era o meu único compromisso e o estou cumprindo.

Atenciosamente, Gabriel Ferrato, Prefeito do Município de Piracicaba

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário