Bom Dia

A imperdoável tolice

Foi ao entardecer que o moço e a moça entraram em minha sala. Ele, quase cego, revelava sua preocupação quanto à possibilidade de não mais enxergar

Leia mais

Ressurreição

Prometi-me construir jardins, plantá-los. Especialmente o jardim da minha alma.

Leia mais

Enlouquecendo pelos filhos

Confesso aquilo que sou, não me importa se certo ou errado: mais coração do que razão, mais emoção do que racionalidade

Leia mais

A minha Olivetti

Escrevi com lápis, giz. Quase ao mesmo, com caneta de pena que se molhava no tinteiro

Leia mais

Aventuras venturosas

Senti-me um cavaleiro andante e, por isso mesmo, nunca admiti houvesse desventuras nas aventuras

Leia mais

À espera de um amor

Veio a primavera e não vi as flores se abrindo e nem árvores coloridas, a natureza policrômica.

Leia mais

O amigo invisível

Tão grande era o silêncio dentro de mim que nem sequer percebi a presença de alguém ou o som de uma voz

Leia mais

A raiva num retorno

Ora, tenho mil anos, o cansaço de mil anos, os pés calejados de todas as estradas por onde andei.

Leia mais

De novo, Pasárgada

Pois o rei me chamou e, mesmo assim preso, eis que me vou para Pasárgada, lá onde sou amigo do rei.

Leia mais